SESI da Paraíba entrega 15 mil máscaras ao Sinduscon

A iniciativa faz parte de uma campanha de apoio aos sindicatos patronais das indústrias paraibanas
A entrega foi feita pela superintendente do SESI/PB ao presidente do Sinduscon de João Pessoa

O Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de João Pessoa recebeu, nesta quinta-feira (28), 15 mil máscaras e cartilhas orientativas do Serviço Social da Indústria (SESI) da Paraíba. A iniciativa faz parte de uma campanha de apoio aos sindicatos patronais das indústrias paraibanas com o objetivo de fortalecer o combate a covid-19 nas empresas.

A entrega foi feita pela superintendente do SESI/PB, Geisa Brito, ao presidente do Sinduscon de João Pessoa, José Wiliam Montenegro Leal. "Neste caso específico, nossa ação tem como foco o setor da construção civil e o objetivo de subsidiar os trabalhadores das construtoras com uma cartilha orientativa sobre os protocolos referentes às medidas de segurança que devem ser tomadas no retorno gradativo do trabalho no cenário pós-pandemia", disse Geisa Brito.

O conteúdo das cartilhas entregues nesta manhã foi desenvolvido e analisado pelo corpo técnico da área de Saúde e Segurança da Indústria (SSI) do SESI, que teve como referência o Guia SESI de Prevenção da covid-19 nas Empresas, documento disponibilizado nacionalmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

"Nossa equipe de técnicos na Paraíba, adaptou as informações do documento nacional à realidade local de acordo com cada segmento industrial", explicou Geisa. 

SESI entregou cerca de 15 mil máscaras ao Sinduscon de João Pessoa (PB)

Segundo ela, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), também foram disponibilizadas as máscaras faciais, 100% algodão, para serem entregues aos colaboradores das empresas sindicalizadas, como uma forma de proteção dos trabalhadores que retomaram as suas atividades nos canteiros de obras.

Para José William Montenegro Leal, o SESI e o SENAI têm realizado importantes ações no combate à covid-19 e de apoio às indústrias porque são iniciativas que ajudam a disseminar a cultura da prevenção e praticar com avidez entre os trabalhadores e RH's das empresas, todas as normas e protocolos que reforçam os cuidados e o respeito à legislação especialmente durante e no pós-pandemia.

"Este é um momento em que precisamos nos reinventar. Precisamos ser ágeis nessa reinvenção e a FIEP, pela capilaridade que tem, tenho certeza que irá nos ensinar e nos mostrar esse novo normal que a gente precisará conviver com ele", finalizou José William.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

FIESC apoiará indústrias no monitoramento do coronavírus
Condefesa propõe maior engajamento da indústria no combate a covid-19
Indústria têxtil reforça produção de fibras específicas para EPI’s

Comentários