SESI e SENAI conquistam reconhecimento internacional no combate à covid-19

UNESCO, WorldSkills e órgão de formação profissional da OIT destacam a importância das ações realizadas pelas entidades da indústria no combate à pandemia de coronavírus e na atenção ao trabalhador
CNI, SESI, SENAI, IEL e as federações estaduais das indústrias estão mobilizadas no combate ao coronavírus

As medidas de apoio ao combate à covid-19 tomadas pelo Serviço Social da Indústria (SESI) e pelo Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial (SENAI) ganharam o reconhecimento da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), o Centro Interamericano para o Desenvolvimento do Conhecimento na Formação Profissional da Organização Internacional do Trabalho (OIT/Cinterfor) e a WorldSkills, organizadora da maior competição de profissões técnicas do mundo.

Dirigentes das três organizações enviaram correspondências à direção do SESI e do SENAI, reconhecendo ações em curso em todo país. Além de destacar a importância das iniciativas de caráter emergencial, a diretora e representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, reconheceu também a excelência do trabalho realizado por décadas pelo SENAI na formação profissional e pelo SESI na educação básica e de jovens e adultos.

“Trata-se de um esforço com o qual temos colaborado ao longo de muitos anos, mais recentemente, por meio dos projetos Consolidação da Rede de Escolas SESI como Referência para a Educação Básica no Brasil e Educação Livre”, disse a Marlova Noleto.

Desde março, todo o Sistema Indústria - Confederação Nacional da Indústria (CNI), SESI, SENAI e federações estaduais das indústrias - têm feito esforços no apoio à saúde pública, à indústria e à sociedade. Entre as ações, estão a recuperação de cerca de 600 respiradores por uma rede voluntária que une SENAI e 13 multinacionais com pontos de manutenção em 19 estados, o empenho de R$ 30 milhões, com ABDI e Embrapii, via Edital de Inovação para a Indústria para apoiar projetos com aplicação de curto prazo contra coronavírus e a oferta gratuita de cursos à distância e farto material de apoio à conscientização população.

O papel do SESI e do SENAI no acesso à educação

O órgão da OIT também lembrou que, além dos efeitos imediatos da pandemia nas condições de saúde e de vida de milhões de pessoas, já são visíveis os impactos na atividade econômica e no mercado de trabalho em toda a região, o que reforça o papel do SENAI no enfrentamento da crise e na construção do futuro.

Para o diretor da OIT/CINTERFOR, Fernando Vargas, é importante que se concentrem todas suas capacidades no apoio à indústria e aos brasileiros.

“É óbvia a necessidade que tem toda a região de expandir o acesso à educação profissional durante a crise e, por esse motivo, queremos que o SENAI receba nossa mensagem de apoio e acompanhamento, para que possa continuar a ser instituição líder na América Latina, no Caribe e no mundo”, afirmou Vargas.

A importância da requalificação na pandemia

O CEO da WorldSkills, David Hoey, e o presidente em exercício, Chris Humphries observaram que as iniciativas do SESI e do SENAI servem de inspiração para outras instituições de ensino técnico e profissional e afirmaram que estão compartilhando as contribuições com outros parceiros como exemplo de aplicação de recursos, capacidade, conhecimento e experiência em soluções de resultado imediato.

“No mundo inteiro, instituições técnicas e vocacionais como o SENAI são chamadas a exercerem papel vital, agora e no rescaldo desta grave crise, em endereçar e mitigar os efeitos que a pandemia terá na economia mundial ao requalificar trabalhadores desempregados para que ocupem postos de trabalho onde houver, minimizando perda de renda”, observaram.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

O aprendizado não pode parar
Conheça as iniciativas do SESI e do SENAI para ajudar no combate ao coronavírus
Mapa das iniciativas das federações para combater o coronavírus

Comentários