Combate à Covid-19: conheça as ações das federações das indústrias

Nesta semana, respiradores foram devolvidos à hospitais em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul. Doações de álcool e máscaras também são destaques neste levantamento de iniciativas
O SENAI está fazendo a manutenção de respiradores desde o início da pandemia

Entre os dias 12 e 18 de junho, as federações das indústrias realizaram diversas ações para auxiliar no combate ao novo coronavírus. Em alguns estados, sindicatos também participaram da mobilização. 

Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS) contou com a parceria do Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção (Sinduscon/MS) para distribuir 1.000 máscaras de tecido para sete construtoras que atuam no estado. Além disso, para fomentar a economia, a federação encomendou 500 mil máscaras da indústria têxtil local, que estão sendo distribuídas para a população. 

Outra ação importante durante essa crise é a manutenção de respiradores e ventiladores mecânicos. O SENAI/MS já entregou respiradores hospitalares consertados a 15 cidades e recebeu mais 46 para manutenção. Acesse o site da FIEMS para saber mais.

Enquanto isso, em Goiás, o SENAI entregou ao Hospital Maternidade Senador Canedo, na Grande Goiânia, dez ventiladores pulmonares consertados. Todos testados e calibrados com laudo de engenharia clínica da empresa Orbis. Outros dois equipamentos foram para a UPA de Anápolis e para o Hospital Municipal São Paulo, em Americano do Brasil.

A próxima leva, com 20 respiradores, vai para o Hospital de Campanha de Águas Lindas, no entorno do Distrito Federal. 

A FIEMS recebeu outros 46 respiradores mecânicos para manutenção

No Mato Grosso, outros 13 respiradores mecânicos foram recuperados pela equipe técnica do SENAI/MT e estão liberados para a utilização na rede pública hospitalar. A ação é fruto da parceria com o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE/MT), que prevê a recuperação de 87 respiradores sem condições de uso.

Dos 118 respiradores recebidos para avaliação e manutenção, 28 foram arrumados e entregues para as unidades hospitalares, 7 aguardam peças, totalizando 35 respiradores recuperados.

Parcerias auxiliam as indústrias de Norte a Sul do país

No Amazonas, a Casa da Criança recebeu a doação de 100 cestas básicas que vão ajudar na alimentação das 320 crianças que estudam no local e seus familiares. A doação realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) por meio do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Manaus (Simmmem), é uma das primeiras que vão totalizar mais de 12 toneladas de alimentos para diferentes instituições e comunidades carentes da capital, em meio a pandemia do coronavírus.

Sindicato das Indústrias Metalúrgicas doa toneladas de alimentos durante crise de Covid-19

No Amapá, o projeto de produção de máscaras do SESI e do SENAI conta com mais um parceiro. Para colaborar com a confecção dos acessórios de proteção, o Ministério Público do Estado (MP/AP), por meio da Promotoria de Meio Ambiente, doou 106m de tecidos percal e tricoline. Com o tecido recebido, as costureiras e os voluntários vão fabricar novos itens de proteção individual, que serão doados a famílias carentes. 

Já em Santa Catarina, sindicatos filiados à Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) iniciaram a doação de 360 cestas básicas e itens de higiene e limpeza para entidades beneficentes da Serra Catarinense. Incentivada pela Liga de Doações Conecta SC, a ação minimiza o impacto da pandemia causada pelo coronavírus.

Na Bahia, o SESI começou a realizar testes rápidos de Covid-19, que detectam anticorpos contra o coronavírus em indivíduos que não apresentam sintomas, mas que tiveram contato prévio com o vírus. No total, 50 mil testes serão realizados, em parceria com um laboratório de análises clínicas, em trabalhadores de indústrias na Bahia.

Com isso, a instituição amplia a testagem de Covid-19 para a indústria, disponibilizando o teste rápido IgM/IgG e também o exame RT PCR, indicado para o diagnóstico em pessoas com sintomas e no início da doença. Saiba mais no site da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB)

SESI amplia oferta de testes de Covid-19 para indústrias baianas

No Maranhão, o SENAI doou protetores faciais (face shields) para profissionais de saúde que atuam no hospital de campanha e no Lar de Idosos Frei Daniel, em Açailândia. O objetivo dessa iniciativa é resolver um dos maiores problemas que a população tem enfrentado: a falta de proteção. Saiba mais no site da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA).

Em Minas Gerais, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) entregou 5.000 máscaras confeccionadas pelo SENAI Modatec e mais de 1.000 litros de álcool à unidades de saúde e entidades filantrópicas de Divinópolis. 

A expectativa é que 100 mil máscaras sejam doadas em todo estado. Destas, 10 mil serão distribuídas pela FIEMG Regional Centro-Oeste, que vai receber o material em remessas semanais. Até o momento, 7.500 máscaras e 1.500 litros de álcool já foram destinados.

Na região Zona da Mata, a FIEMG realizou ao longo das últimas semanas a entrega de 10 mil máscaras e 2 mil litros de álcool 70% para as unidades de saúde e hospitais de Juiz de Fora e cidades próximas. Acesse o site da FIEMG para mais informações.

Novo método para aplicar os testes de Covid-19

O SENAI do Rio de Janeiro, por meio do Instituto SENAI de Inovação em Química Verde (ISI QV), e a Petrobras disponibilizam gratuitamente o protocolo de base científica para implementação de um novo método de testes em massa de Covid-19. O Pooling Multiplex é mais ágil e econômico, permitindo a avaliação de várias pessoas simultaneamente. A metodologia está disponível pelo ISI QV a todos laboratórios especializados no Brasil e no mundo.

O formato em pool testa um grupo de pessoas, em lugar dos testes individuais, trazendo maior alcance e escala ao processo. O protocolo do novo modelo de testes funciona como um guia de orientações, reunindo todas as diretrizes e possíveis aplicações, além de validação técnica e científica, necessárias para que laboratórios, empresas e instituições de ciência & tecnologia possam adotar o método. Acesse o site da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) e saiba mais.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias

Relacionadas

Leia mais

Ações do SESI e do SENAI têm valor inestimável
Confira a mobilização das federações de indústrias contra o coronavírus nesta semana
SENAI oferece soluções para digitalizar processos em tempos de Covid-19

Comentários