Empresários compram equipamentos para ajudar hospitais de Pernambuco

Aparelhos são usados nos tratamentos de casos mais graves da Covid-19. Grupo reuniu doações e comprou equipamentos de respiração assistida e ventilação pulmonar para UTIs de hospitais de Pernambuco
Aparelhos de respiração assistida e ventilação pulmonar são usados nos casos mais graves de Covid-19 / Imagem ilustrativa

A pandemia do novo coronavírus é a maior preocupação de saúde pública no mundo. Uma situação que já trouxe mudanças na rotina de todos.

Aqui no Brasil, as autoridades têm orientado a adoção de medidas preventivas para evitar que a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, atinja um grande número de pessoas. Novas rotinas já são adotadas por muitas pessoas e empresas. É hora de pensar na própria saúde e na do próximo.

Foi pensando na coletividade que um grupo de empresários de Pernambuco se uniu para ajudar os hospitais públicos do estado a se equiparem para receber os casos mais graves da doença.

A mobilização começou entre integrantes do conselho da Federação da Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE). Diante do provável aumento na demanda de atendimento nos hospitais públicos, causado pela Covid-19, eles identificaram que existe a falta de aparelhos de respiração assistida e ventiladores pulmonares, equipamentos usados nos casos mais graves da doença. Decidiram que este seria o foco da campanha: comprar mais aparelhos e equipar os hospitais para o possível aumento na demanda.

“Cada um de nós foi falando com os amigos. A iniciativa é para salvar vidas”, diz Marcelo Holanda Guerra, diretor da indústria Lorenpet, que faz parte da iniciativa.

O grupo é formado por 80 pessoas, a maioria empresários do estado. E até o momento, já conseguiu comprar 47 equipamentos. Alguns serão entregues já na próxima semana. Outra parte, em até 60 dias.

Porta-voz do grupo, Guilherme Cavalcanti, diretor-executivo do movimento Atitude Pernambuco explica que os equipamentos vão para vários hospitais. Um deles, o Hospital Português, do Recife. Mas uma parte será encaminhado para outras unidades da rede pública, principalmente da região metropolitana. “Esta ação nasceu em função da pandemia de coronavírus. Ideia de pessoas amigas que identificaram que este seria um bom caminho a seguir”, explica Cavalcanti.

Outro empresário que faz parte do grupo é Celso Maia Duarte, presidente da Cipan Alimentos. Ele conta que a empresa dele tem 700 funcionários e já redobrou os cuidados com limpeza e segurança alimentar. Sobre a iniciativa para ajudar a equipar hospitais do estado, ele disse que aceitou participar na hora em que recebeu o convite. “Achei louvável. O estado tem que estar preparado para ajudar as pessoas. Foi muito grande a mobilização”, ele conta.

Iniciativa está inspirando outros empresários

A iniciativa dos empresários pernambucanos tem chamado atenção em outros lugares. Caleso Duarte diz que tem sido procurado por mais pessoas que querem ajudar. “Fiquei surpreso porque tem muita gente me procurando porque quer ajudar. A maioria empresários. Não para de chegar mensagem de gente me perguntando como fazer”, diz o industrial.

Marcelo Holanda Guerra confirma que também tem sido procurado para explicar o trabalho do grupo. “Esta ação foi tão bem sucedida que outros empresários já estão nos procurando para replicar a ação. Já fui procurado por empresários do Ceará, São Paulo e até da Inglaterra”. Guerra diz que o grupo foi motivado pela possibilidade de ajudar a salvar vidas.  “O momento exige seriedade e celeridade. Não está na hora de brincar. O que importa é que todos sejam beneficiados porque estamos todos no mesmo barco”, diz Guerra.  

Cada aparelho custa, em média, R$52 mil. E Guilherme Cavalcanti explica que todo o dinheiro arrecadado será usado para a compra de equipamentos. “Estamos dando nossa contribuição mas o mais importante é todo cidadão respeitar o que as autoridades estão orientando. Todo mundo precisa fazer a sua parte”, finaliza o porta-voz do grupo.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

CNI apresenta 37 propostas ao governo para  atenuar a crise decorrente do coronavírus
Entenda o que é o coronavírus e como se proteger
Veja como as federações de indústrias estão enfrentando a pandemia

Comentários