SENAI é referência internacional em desenvolvimento de competências para o mercado de trabalho

SENAI coordenou o Fórum de Soluções sobre Desenvolvimento de Competências Voltado para Resultados, em evento organizado pela ONU em Dubai.
O painel foi apresentado para 65 pessoas das agências da ONU, de fundações internacionais e de agências de desenvolvimento da Europa e Ásia

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) coordenou, na última quarta-feira (2), o Fórum de Soluções sobre Desenvolvimento de Competências Voltado para Resultados, em evento organizado pela Organização das Nações Unidas ( ONU ). Em Dubai, a Exposição Global para o Desenvolvimento Sul-Sul debateu soluções eficazes de instituições que contribuem para o alcance dos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.

O gerente-executivo de Relações Internacionais do SENAI, Frederico Lamego, destacou, no painel, os resultados e impactos dos projetos desenvolvidos pela instituição na América Latina e África, como número de alunos formados, impactos sociais, inclusão feminina no mercado de trabalho e a participação de empresas locais. Além disso, convidou representantes de parceiros da Angola, Peru, Japão e da multinacional brasileira Vale para apresentarem casos de sucesso de parcerias com o SENAI.

O painel foi apresentado para 65 pessoas das agências da ONU, de fundações internacionais e de agências de desenvolvimento da Europa e Ásia. Após o evento, 11 instituições já buscaram o SENAI para conhecer melhor a atuação internacional desenvolvida pela instituição.

Segundo a especialista de Desenvolvimento Industrial Tatiana Mello, a participação do SENAI no evento foi importante para trazer novas ideias e parcerias para ampliar os projetos na África. "O SENAI já participou de outras edições do evento, mas foi a primeira vez que conduziu um dos fóruns. Isso foi importante para o SENAI, não somente pela visibilidade internacional, mas também pela troca de experiências com outros agentes de cooperação", explica.

O Exposição Global para o Desenvolvimento Sul-Sul contou com 700 representantes de instituições, agências e governos internacionais. Além de ter sido convidado para liderar o Fórum de Soluções, o SENAI  esteve presente no evento em um estande promocional, em que divulgou sua excelência na cooperação técnica internacional e suas publicações no assunto.

Relacionadas

Leia mais

Jovens apontam educação profissional como melhor caminho para o primeiro emprego, diz pesquisa do SENAI
SENAI desafia alunos a criar e confeccionar roupas funcionais na olimpíada de profissões
SENAI abre mais de 32 mil vagas para cursos pagos e gratuitos em novembro

Comentários