SENAI do Distrito Federal ganha medalha de ouro em Movelaria nas seletivas da WorldSkills

Os melhores estudantes nesta fase poderão representar o Brasil no mundial de profissões na Rússia
"Agora, eu olho para trás e vejo que valeram a pena tanto esforço e tanta dedicação em dois anos de treinamento” - João Victor dos Anjos

O estudante João Victor dos Anjos, 18 anos, competiu pelo SENAI do Distrito Federal na ocupação de Movelaria nas seletivas da WorldSkills 2019, o mundial de profissões, e ficou em primeiro lugar. A premiação aconteceu nesta sexta-feira (3), no auditório da unidade de Taguatinga do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), de Brasília. Também subiram ao pódio João Gabriel Bechara Silva, de São Paulo, que ficou em segundo lugar, e Lucas Rodrigues Vigiano, de Minas Gerais, que conquistou o bronze.

A seletiva, na qual os sete concorrentes tiveram de fazer um púlpito, foi realizada ao longo da semana no SENAI Guará. Apesar de ter garantido o ouro, segundo o regulamento das seletivas da WorldSkills, o representante do DF terá de competir novamente com o medalhista de prata para definir quem fica com a vaga na delegação brasileira para o torneio internacional. A etapa de desempate deve ocorrer no fim do ano. O mundial será na Rússia, em 2019. 

Com a divulgação do resultado, a alegria tomou conta do competidor do DF. “Ainda nem caiu a ficha. Eu estava confiante desde que terminei a prova, até achava que conseguiria um pódio, mas confesso que o primeiro lugar me surpreendeu. Agora, eu olho para trás e vejo que valeram a pena tanto esforço e tanta dedicação em dois anos de treinamento”, afirmou. Ao lado do instrutor, José Araújo, ele já pensa nos próximos meses que é continuar no mesmo foco e dedicação ao treinamento para conseguir vencer a prova de desempate.

Este é o segundo ouro consecutivo do SENAI do Distrito Federal na ocupação de Movelaria na competição nacional. Fábio Crisóstomo, também sob a orientação do instrutor José Araújo, foi à WorldSkills 2017 e conquistou o bronze. “O sentimento é de dever cumprido. Todos os momentos de dedicação sendo contemplados, e não tem coisa melhor, é uma emoção difícil até de controlar”, disse Araújo.

Nesta semana, o SENAI/DF também competiu em outras três ocupações, mas não chegou ao pódio. Lucas Vasconcelos Rocha, de 18 anos, disputou na modalidade Mecânica de Refrigeração em Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco; João Gabriel Acioli, de 17, participou das provas de Construção em Alvenaria, em Vila Velha, Espírito Santo; e Carolina Rocha, de 18 anos, fez a seletiva de Panificação, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Apesar de não ter conquistado medalha, João Gabriel Acioli ganhou certificado de excelência. Esse mérito é dado a competidores que obtiveram resultado igual ou superior a 700 pontos.

DF nas seletivas da WorldSkills 2019 - A edição do ano que vem, na Rússia, será a 45ª da WorldSkills Competition. As seletivas brasileiras são organizadas pelo SENAI e começaram em junho. As disputas vão até setembro, em 35 cidades, e definirão os integrantes das 45 ocupações em que o país vai competir. Os jovens disputam medalhas em ocupações que correspondem às profissões técnicas da indústria e do setor de serviços. Eles precisam executar todas as tarefas e demonstrar habilidades dentro de padrões internacionais de qualidade.

Aqueles que ficarem em primeiro lugar seguirão na busca pela vaga na delegação. Para viajar para a Rússia, precisarão manter o índice estipulado pela organização em todos os simulados realizados durante o ano. O DF já participou de 12 das 19 seletivas em que competirá e ganhou sete medalhas – duas de ouro, duas de prata e três de bronze. Os próximos desafios dos brasilienses serão de 12 a 17 de agosto.

Relacionadas

Leia mais

SENAI tem os melhores cursos de formação profissional, aponta pesquisa com pequenos e médios empresários
Vagas abertas em cursos pagos e gratuitos do SENAI! Faça sua inscrição
7 inovações criadas por alunos do SESI e do SENAI que o consumidor poderá encontrar no dia a dia

Comentários