SENAI do DF capacita catadores de materiais recicláveis

A formação profissional gratuita faz parte de um termo de cooperação com o Serviço de Limpeza Urbana de Brasília. Serão capacitados mais de 600 trabalhadores, divididos em 20 turmas
A primeira parte do curso é com aulas de informática para os profissionais que atuam na gestão das cooperativas

Catadores de materiais recicláveis de oito cooperativas das 22 que têm contrato com o governo local serão capacitados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (SENAI /DF), no curso de qualificação inédito Agente de Recuperação de Resíduos. A formação profissional gratuita foi pactuada por meio de um termo de cooperação com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Os 638 trabalhadores serão divididos em 20 turmas, com opções nos turnos matutino e vespertino. As aulas serão na Fábrica Social, no galpão do SLU na Cidade Estrutural e nos cinco centros de triagem destinados à separação dos materiais, onde haverá a parte prática.

O recém-criado curso de qualificação Agente de Recuperação de Resíduos, com 160 horas-aulas, é dividido nos seguintes módulos: cooperativismo, atitudes pessoais, segurança do trabalho e manutenção de equipamentos, gerenciamento de resíduos sólidos, noções de processos de produção, empreendedorismo e gestão administrativa e financeira.

Para 38 pessoas que atuam na gestão das cooperativas, há ainda um módulo de informática básica, com 40 horas, que começou nesta quinta-feira (3). São dois encontros por semana – às quintas e às sextas-feiras. A partir de 11 de junho, todos os alunos vão dar início aos outros sete módulos, com uma aula semanal. A previsão de conclusão do curso é maio de 2019, quando os aprovados receberão certificado de qualificação profissional.

As cooperativas que serão capacitadas nas primeiras turmas do curso de qualificação Agente de Recuperação de Resíduos do SENAI / DF são: Associação dos Ambientalistas da Vila Estrutural (Ambiente), Cooperativa de Reciclagem Ambiental (Plasferro), Cooperativa de Reciclagem Ambiental da Cidade Estrutural (Coorace), Cooperativa de Reciclagem, Trabalho e Produção (Cortrap), Cooperativa de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis Ambiental (Coopere), Cooperativa de Trabalho de Reciclagem Ambiental (Construir),Cooperativa de Trabalho e de Materiais Reciclados e de Educação Ambiental Nova Esperança (Coopernoes) e Cooperlimpo de Catadores do Brasil.

CAPACITAÇÃO GRATUITA - O objetivo é a inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis, após a desativação do Aterro Controlado do Jóquei, o Lixão da Estrutural, que ocorreu em janeiro, em Brasília. O curso enquadra-se no Programa SENAI de Gratuidade Regimental, que destina vagas a pessoas de baixa renda. O Decreto nº 6.635/2008 determina que o SENAI destine o valor correspondente a dois terços da receita líquida da contribuição compulsória geral a vagas gratuitas em cursos e em programas de educação profissional. 

Os 38 alunos que fazem o módulo de informática básica foram selecionados pelo próprio SLU. Os outros catadores podem se inscrever até 11 de maio. Eles podem se matricular nos próprios galpões onde trabalham. É necessário apresentar cópias dos seguintes documentos: identidade, CPF, comprovante de escolaridade ou autodeclaração, comprovante de residência ou autodeclaração e autodeclaração de baixa renda.

Relacionadas

Leia mais

Cursos do SENAI abrem inscrições em todo o Brasil. Garanta sua vaga!
Alunos do SESI são campeões do principal torneio de robótica do mundo
Jovens brasileiros disputam mundial de panificação

Comentários