SESI oferece consultoria grátis para salões de beleza

Para reabrir as portas, os estabelecimentos de beleza e estética devem seguir uma série de regras e protocolos para cumprir as medidas de biossegurança
A consultoria é feita por vídeo chamada

Os salões de beleza de Campo Grande (MS) voltaram a funcionar após 15 dias de portas fechadas como medida de prevenção contra o novo coronavírus. Para reabrir as portas, os estabelecimentos de beleza e estética devem seguir uma série de regras e protocolos e, para cumprir estas medidas de biossegurança estabelecidas pelo decreto da prefeitura, o Serviço Social da Indústria (SESI) oferece aos empresários do segmento uma consultoria de graça especial para a covid-19.

O trabalho é 100% subsidiado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Mato Grosso do Sul, por meio do Programa Sebraetec, e, por isso, os estabelecimentos de beleza interessados precisam apenas realizar a adesão.

O gerente de Saúde e Segurança do Trabalho do SESI/MS, Michel Klein, explica que a consultoria consiste em um diagnóstico do espaço, que avalia se o estabelecimento e os profissionais estão atuando de acordo com as medidas de biossegurança estabelecidas para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

“Após esta análise, a área técnica do SESI apresentará as mudanças necessárias e indicará como elas podem ser implementadas para que o estabelecimento siga as regras de controle e resoluções preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo decreto da prefeitura”, acrescentou Michel Klein.

Ele lembra, ainda, que o SESI, em parceria com representantes locais do segmento de beleza e estética, elaborou o Plano de Contenção de Risco apresentado à prefeitura da capital para autorização da reabertura dos estabelecimentos e, portanto, detém conhecimento específico sobre as medidas a serem implantadas.

O diagnóstico verifica os espaços e procedimentos dos mais diversos profissionais que atuam em estabelecimentos de beleza, como cabeleireiros, manicures, pedicures, maquiador, maquiador de caracterização, esteticista, recepcionista, barbeiro e manobrista, e apresenta as orientações necessárias e como implantá-las. Também são detalhadas as condutas dos clientes durante o atendimento, para serem repassadas a eles.

Quem já passou pela consultoria

Proprietária da clínica de estética e loja de cosméticos Fonte da Beleza, a empresária Lígia Moura contratou a consultoria gratuita do SESI para garantir a proteção das clientes e profissionais que atuam com ela. O diagnóstico do engenheiro de segurança do trabalho Arilson Lima de Faria, que conduziu a consultoria, já foi realizado.

“Agora, vamos entregar um relatório com a nossa devolutiva, contendo apontamentos e orientações sobre as mudanças a serem implementadas”, explicou o engenheiro.

"O consultor foi bastante didático e nos deu um norte para continuarmos nosso trabalho”, explica Lígia Moura

“Acredito que a clínica já estava de acordo com as normas de segurança porque desde a inauguração já tínhamos um Plano Operacional Padrão e de Gerenciamento de Resíduos. Mas optei por receber o diagnóstico da instituição para ter a certeza de que vamos atender oferecendo toda segurança para nossas clientes.

O consultor foi bastante didático e de imediato já nos deu um norte para continuarmos nosso trabalho”, considerou Lígia Moura sobre a consultoria.

O diagnóstico é todo realizado por vídeo chamada, conforme os protocolos de prevenção da covid-19. Basta que o estabelecimento indique um responsável, que atuará como um interlocutor da consultoria, apresentado (via celular) os espaços e processos de trabalho da empresa aos profissionais do SESI que farão a identificação das mudanças necessárias.

Como contratar a consultoria grátis do SESI e Sebrae

Para contratar e obter mais informações sobre a consultoria especial contra o Covid-19 basta acessar o Canal da Indústria – plataforma de relacionamento do SESI para atendimento remoto às empresas durante a pandemia do novo coronavírus.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Sinduscon do Maranhão lança campanha Construindo Boas Práticas
SENAI Amapá doa mais de 600 protetores faciais para profissionais de saúde
Empresas podem se inscrever para produção de máscaras reutilizáveis

Comentários