Sinduscon do Maranhão lança campanha Construindo Boas Práticas

A ação contou com a distribuição de máscaras e kits de higiene e medição de temperatura aos trabalhadores da obra do Hospital da Ilha
Também foi reforçada a importância de evitar aglomerações

A construção civil foi um dos setores considerados como atividade essencial no decreto estadual que propõem medidas restritivas para diminuir a circulação de pessoas durante a pandemia do novo coronavírus. O setor segue trabalhando com muita responsabilidade e passou a adotar uma série de ações que alteram a rotina de trabalho.

O Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA) lançou a campanha "Construindo Boas Práticas" em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) por meio do SESI, que tem por objetivo orientar as empresas de construção civil a adotarem medidas preventivas e orientativas nos canteiros de obra, como forma de prevenção ao novo coronavírus.

A ação contou com a distribuição de máscaras e kits de higiene e medição de temperatura dos trabalhadores da obra do Hospital da Ilha. Na ocasião, também foi reforçada a importância da repetição dos procedimentos, a redivisão dos turnos de trabalho e reorganização de refeitórios e demais ambientes para evitar aglomerações.

O presidente do Sinduscon-MA, Fábio Nahuz ressaltou que as empresas estão aprofundando suas ações de segurança e saúde do trabalhador nos canteiros para conter o avanço do novo coronavírus e, acima de tudo, proteger a vida. “Desde o início sinalizamos que estaríamos executando as obras com muita seriedade e com respeito à mão-de-obra. Sabemos que esse tipo de ação garante a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos”, destacou Nahuz.

Outro cenário que merece atenção nesse momento é o psicológico dos trabalhadores. O momento provoca uma série de implicações emocionais e sociais. Os riscos envolvidos, a necessidade de mobilização para o enfrentamento da pandemia, a emergência de medidas de prevenção e a perspectiva de dias difíceis pela frente fazem do momento um período delicado, que exige responsabilidade, cautela e colaboração. Pensando nisso, a ação contou com a participação da psicóloga do SESI do estado, Bruna Dutra.

Segundo o superintendente do SESI do Maranhão, Diogo Lima, ações como essa são extremamente importantes à medida que se vê a curva de contágio avançando e a necessidade da manutenção da economia desde que as pessoas trabalhem com segurança e tenham condição de desenvolver suas atividades auxiliadas por órgãos que foram criados para esse fim.

“Dessa forma, é possível diminuir um pouco os impactos dessa crise e buscar soluções melhores e aguardar que tudo isso se resolva da melhor forma possível. Essa é a função do SESI: cuidar da saúde do trabalhador e estar ao lado das pessoas”, concluiu.

O agendamento das visitas é feito pela engenheira ambiental e de segurança do trabalho do Sinduscon-MA, Mariana Braga, pelo telefone (98) 98815-1838. 

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

FIESC repassa testes para centro de triagem de Covid-19
A importância do Sistema S na pandemia
SESI abre inscrições para curso gratuito de combate à ansiedade

Comentários