SESI do Distrito Federal vacina trabalhadores contra gripe

A aplicação teve início em 25 de março e já foram vendidas 7.268 doses contra a gripe H1N1
Em tempos de pandemia, buscar formas de evitar a circulação de outros vírus traz benefícios para toda sociedade

Infecção aguda do sistema respiratório, a gripe causada pelo vírus H1N1 tem a vacinação como forma de prevenção da doença e de possíveis complicações. Com o objetivo de promover um ambiente de trabalho saudável, seguro e produtivo, o Serviço Social da Indústria (SESI) do Distrito Federal oferece anualmente às empresas a oportunidade de adquirir vacinas contra a gripe com condições especiais.

Este ano, 7.268 doses contra a gripe H1N1 foram vendidas e a aplicação teve início em 25 de março. Em tempos de pandemia da Covid-19 – doença para a qual ainda não há vacina –, buscar formas de evitar a circulação de outros vírus traz benefícios para a empresa e para a sociedade.

“Essa é uma maneira de investir na saúde do funcionário. É melhor prevenir enquanto há saúde do que gastar com a doença”, destaca o supervisor da área de produção da indústria de água mineral La Priori, Yuzi Taniguchi. A empresa, localizada no Riacho Fundo II, foi uma das 54 que adquiriram as doses com o SESI. Até a primeira quinzena de maio, 5.833 doses haviam sido aplicadas.

Para a gerente de Saúde e Segurança na Indústria do SESI do DF, Fabiana Mouzinho, a vacinação empresarial representa o cuidado com os empregados e é também uma forma de reduzir o absenteísmo e auxiliar na produtividade.

“Um trabalhador saudável é mais produtivo. A vacinação na empresa, com todos vacinados, inibe a transmissão entre colegas, garantindo a segurança da saúde de todos”, reforça Fabiana.

A aplicação pelo SESI ocorre na própria empresa. Este ano, diante do cenário de pandemia pela Covid-19, foi ofertada também a possibilidade de a vacinação ocorrer no formato drive thru, sem que a pessoa saia do veículo.

Como evitar a trasmissão da gripe

De acordo com o Ministério da Saúde, a gripe é uma doença respiratória aguda e a transmissão ocorre principalmente por meio de tosse, espirro ou contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas. Entre as formas de prevenção estão lavar as mãos com frequência, cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável ao tossir ou espirrar e não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos e toalhas.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

VÍDEO: O Tem Vaga! mostra como os quarenteners trocaram a sala de aula pela sala de casa
SESI dá dicas para aumentar a concentração no ensino a distância
SESI do Mato Grosso do Sul entrega 25 mil máscaras

Comentários