SENAI garante reparo de respiradores hospitalares de 12 cidades de Mato Grosso do Sul

Dezenas de aparelhos já foram devolvidos aos hospitais de origem
Ao todo foram recebidos 70 respiradores de todo o estado, desses, 52 já tiveram os reparos concluídos

Para enfrentar a pandemia do novo coronavírus, hospitais dos municípios de Campo Grande, Dourados, Mundo Novo, São Gabriel do Oeste, Camapuã, Jardim, Água Clara, Figueirão, Miranda, Aquidauana, Três Lagoas e Corumbá, em Mato Grosso do Sul, já estão com mais respiradores mecânicos.

Isso porque os 12 municípios já receberam os 41 equipamentos consertados pelas equipes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), por meio da parceria entre Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do sul (FIEMS), Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e Energisa.

Segundo o diretor-regional do SENAI, Rodolpho Caesar Mangialardo, a instituição tem trabalhado no intuito de ajudar a salvar vidas. “Cada respirador que conseguimos reparar é pelo menos mais uma vida que ajudamos a salvar no estado. Fizemos algumas adaptações para conseguirmos reparar esses equipamentos, coisa que nunca havíamos feito antes, e nossa equipe conseguiu executar o trabalho com a qualidade de sempre. Nosso objetivo aqui é ajudar a sociedade”, afirmou.

O gerente do SENAI Empresa, Thales Saad, destacou que ao todo foram recebidos 70 respiradores de todo o estado, desses, 52 já tiveram os reparos concluídos, 41 já foram entregues e 11 aguardam a calibração para serem devolvidos aos hospitais. “Acreditamos que em duas ou três semanas todos os respiradores que recebemos com condições de ser consertados já terão sido entregues, auxiliando no tratamento de pacientes diagnosticados com Covid-19”, declarou.

Ele acrescentou que as equipes do SENAI ainda estão à disposição para receber mais respiradores dos hospitais. “A gente recebeu inicialmente 70 respiradores, que era a quantidade, conforme levantamento da Semagro e da SES (Secretaria Estadual de Saúde), de equipamentos estragados. Sabemos que esse número pode mudar, conforme o uso desses aparelhos, então os hospitais que precisarem de manutenção podem entrar em contato com a gente”, ressaltou.

Dos 41 respiradores hospitalares já entregues, Thales Saad informa que Campo Grande recebeu 10, Dourados 17, Mundo Novo 1, São Gabriel do Oeste 1, Camapuã 1, Jardim 1, Água Clara 1, Figueirão 1, Miranda 1, Aquidauana 2, Três Lagoas 3 e Corumbá 2. “É uma satisfação saber que o nosso trabalho pode significar que vidas serão salvas nessas 12 cidades. Para todos nós que trabalhamos nessa iniciativa, é gratificante colaborar”, finalizou.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

FIEMG auxilia empresa mineira na produção de respirador mecânico
Rede coordenada pelo SENAI devolve a hospitais mais de 1 mil  respiradores pulmonares
SENAI oferece consultoria grátis de marketing digital durante pandemia

Comentários