SENAI oferece consultoria grátis de marketing digital durante pandemia

Com duração de quatro horas e totalmente online, a consultoria integra o programa Sebrae Orienta, um pacote antiefeitos do novo coronavírus para microempreendedores individuais
Inicialmente é feito um diagnóstico para entender qual o público alvo e quais estratégias já são adotadas pela empresa

Diante da pandemia do novo coronavírus e o isolamento social como forma de prevenir o contágio da doença, empresários passaram a ver seus negócios serem impactados de forma significativa e perceberam a necessidade de estar cada vez mais conectados aos clientes por meios digitais. Mas por onde começar? Em que áreas investir? Pensando em auxiliar as empresas com estratégias de posicionamento digital, o SENAI Empresa oferece gratuitamente uma consultoria para que marcas e produtos não percam espaço no mercado.

Com duração de quatro horas e totalmente online, a consultoria integra as ações do programa Sebrae Orienta, um pacote antiefeitos do novo coronavírus a microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas com soluções totalmente online, gratuitas e personalizadas para ajudar a minimizar os efeitos cascata da pandemia nos negócios. Os interessados podem se inscrever no site do Sebrae.

Segundo o consultor do SENAI Empresa, Alonso Simões, durante a consultoria são realizados dois atendimentos, um em marketing digital e outro em comunicação visual. No marketing digital é feito o aconselhamento gratuito para melhorar a presença digital da empresa. “O atendimento ocorre em duas etapas, inicialmente eu realizo um diagnóstico para entender qual o público alvo e quais estratégias já são adotadas pela empresa. Na etapa seguinte é elaborado um plano de ação direcionado com melhorias que poderão ser adotadas pela empresa para alavancar seu negócio nesse momento de crise”, explicou.

Já na comunicação visual é elaborada uma arte de divulgação para empresa, que pode ser aplicada para redes sociais, banner virtual, e-mail marketing, voucher compras antecipadas, etiqueta embalagem delivery ou mesmo para cardápio virtual. “Nossa equipe faz um briefing com o cliente, buscando entender o que ele quer comunicar e qual público deseja atingir, e a arte é desenvolvida, podendo ainda ser revisada pelo cliente se necessário”, detalhou Alonso Simões.

Ele destacou que muitas vezes, com baixos investimentos em marketing digital, as empresas conseguem atrair clientes que antes somente tinham como possibilidade acessar a empresa presencialmente. “Em momentos como este, vendas e divulgação de produtos online passam a ser um ótimo recurso para buscar manter o faturamento”, finalizou.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

VÍDEO: Especial Dia da Indústria
Indústrias de confecção fornecem 5 milhões de máscaras a presídios de todo o Brasil
SENAI alcança a marca de 25 mil litros de álcool 70% produzidos em Minas Gerais

Comentários