Indústrias de confecção fornecem 5 milhões de máscaras a presídios de todo o Brasil

O tecido dos EPIs foi comprado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná e 50 indústrias de Apucarana são responsáveis pela produção
A presidente do Sivale, Elizabete Ardigo, com a equipe do Depen

As indústrias de confecção de Apucarana, no Norte do Paraná, estão produzindo 5 milhões de máscaras cirúrgicas para serem usadas por profissionais de saúde que atendem detentos de todo o Brasil. A produção está gerando um faturamento de R$ 11 milhões para 50 empresas, num período de dois meses de trabalho.

A ação foi viabilizada a partir da compra, pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), de SMMMS (Steri-Lap), um tecido específico para a produção do equipamento de proteção individual (EPI). As máscaras estão sendo adquiridas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, para repasse a todos os presídios do país. Já foram despachados carregamentos para penitenciárias de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, entre outros estados.

“O objetivo é manter as indústrias funcionando e garantindo os empregos neste momento de crise”, destaca o presidente da FIEP, Carlos Valter Martins Pedro. Ele informa que o setor de confecção é um dos maiores empregadores do Paraná. A produção está sendo coordenada pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana (Sivale). “Esta iniciativa da FIEP, em apoiar as indústrias, garante a produção e os empregos, evitando demissões”, destaca a presidente do Sindicato, Elizabete Ardigo.

No total, a federação adquiriu 24 toneladas de tecido para a produção de 8 milhões de máscaras por indústrias de confecção de todo o Estado, numa ação em parceria com os sindicatos industriais do setor. A operação envolve 150 indústrias e 10 mil trabalhadores. Os EPIs estão sendo comprados diretamente das indústrias pelos governos federal e estadual e pelas prefeituras para repasse a hospitais, clínicas, postos de saúde, santas casas e sistema penitenciário. A FIEP terá a compra ressarcida pelas próprias indústrias.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

SENAI alcança a marca de 25 mil litros de álcool 70% produzidos em Minas Gerais
Indústria garante renda extra a costureiras na produção de máscaras
Vai passar: SESI de Minas Gerais dá dicas para reduzir o estresse causado pela pandemia

Comentários