Câmera térmica identifica possíveis trabalhadores com febre

Uso da tecnologia na indústria é uma das ações do Centro de Inovação em Ergonomia no combate ao novo coronavírus em Minas Gerais
"A Ergonomia é uma ciência que estuda adaptação do trabalho ao homem", explica Carla Sirqueira

O Centro de Inovação em Ergonomia, do Serviço Social da Indústria (SESI) de Minas Gerais, localizado em Belo Horizonte, está apoiando a indústria no combate ao novo coronavírus. O CIS Ergo inicou uma ação na indústria Vale do Sol com o uso da câmera térmica para a identificação rápida e assertiva de possíveis trabalhadores com febre.

De acordo com a gerente do Centro de Inovação em Ergonomia, Carla Sirqueira, os trabalhadores são avaliados no início da jornada e a identificação de febre com a câmera térmica apoia a indústria na tomada de decisão quanto o acolhimento desse industriário.

Além de apoio nas questões preventivas, também está sendo realizada ação corretiva dentro da indústria. Com o objetivo de apoiar nessa fase que são necessárias adequações tanto no aspecto físico quanto organizacional, o Centro realiza ajustes ergonômicos e de distacimento no layout das empresas e no processo produtivo para alinhar a produtividade ao número de trabalhadores atuais na indústria, visando atender as orientações de saúde da Occupational Safety and Health Administration (OSHA) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"A Ergonomia é uma ciência que estuda adaptação do trabalho ao homem e, nesse cenário que estamos passando, pode ajudar nas adaptações físicas e organizacionais das empresas. Mudanças de layout para atender não só questões da saúde, mas para adaptar ao contingente atual de trabalhadores sem que haja sobre carga física e nem mental, por exemplo", afirma Sirqueira.

Além disso, a gerente ressalta que o CIS Ergo adaptou a tecnologia da câmera térmica para atender à demanda emergencial das indústrias.

Carla lembra que as orientações para o trabalho em home office são fundamentais para evitar não só desconforto físico, mas problemas mentais, como estresse, ansiedade e depressão. "A casa terá novo resignificado e isso requer habilidade de organização da nova rotina e a Ergonomia organizacional atua exatamente com isso", diz.

Na próxima semana, a partir do dia 27 de abril, as ações vão acontecer na AngloAmerica, em Conceição do Mato Dentro.

SERVIÇO - As indústrias que queiram a consultoria em Ergonomia para reorganizar seus processos produtivos, com apoio para organizar trabalhos home office e o uso da câmera térmica podem entrar em contato pelo telefone: (31) 3489-2060.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

SENAI Amapá doa mais de 600 protetores faciais para profissionais de saúde
SENAI, Governo do Paraná e Fundação Araucária vão alavancar projetos contra o Covid-19
SENAI Cimatec cria túnel de desinfecção para profissionais de saúde

Comentários