Exposição promovida pela CNI traz desenhos em aquarela de plantas do cerrado

São 26 quadros com desenhos em aquarela de espécies típicas da vegetação do Centro-Oeste do país, feitos pela artista botânica Thereza Carvalho
Flores do Cerrado

Interessados em conhecer espécies nativas do cerrado, como pimenta de macaco, maria-mole e ipê verde, poderão visitar a exposição Um Jardim em Aquarela, promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) no Jardim Botânico de Brasília. Ao todo, são 26 quadros com desenhos em aquarela de espécies típicas da vegetação do Centro-Oeste do país, feitos pela artista botânica Thereza Carvalho, formada pela Sociedade de Artistas Botânicos de Londres. 

Segundo ela, as obras buscam mostrar a riqueza e a diversidade de plantas da região e suas propriedades medicinais. Thereza explica ainda que os desenhos fazem parte de ações desenvolvidas no herbário do Jardim Botânico, entre as quais estão a coleta, a classificação e a coleção de plantas. “As ilustrações complementam e auxiliam o trabalho de cientistas e visam mostrar as plantas em todo seu esplendor, com a coloração e a textura mais próximas das originais”, destaca a artista. 

Entre as ilustrações apresentadas está o ipê verde, disposto com o nome científico Cybistax antisyphilitita. Na exposição, além de ver parte da árvore e um fruto, os visitantes conferem que a espécie é usada no combate a sífilis, entre outras propriedades. 

HISTÓRIA – A ilustração científica é uma técnica muito usada na Antiguidade e que está voltando após a tentativa de substituí-la pela fotografia. “A imagens fotográficas não conseguem retratar as espécies com o nível de detalhamento que os desenhos”, afirma Thereza. 

A exposição itinerante deverá passar por outros jardins botânicos do país e é um legado do workshop internacional Negócios e Capital Natural: Diálogos para uma parceria sustentável, realizado pela CNI, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Agência de Cooperação Técnica Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ). 

O evento, realizado em Brasília nos dias 8 e 9 de maio, reuniu cerca de 150 representantes da indústria, do governo, de organismos internacionais para promover a troca de experiências e o diálogo da indústria com os demais segmentos e a divulgação de boas práticas em negócios sustentáveis desenvolvidas em diversos países. 

SAIBA MAIS 
Exposição: Um Jardim em Aquarela 
Data e horário: a partir de 8 de maio, das 8h30 às 17h30 
Local: Jardim Botânico de Brasília – Setor de Mansões Dom Bosco, Área Especial, Lago Sul 

Relacionadas

Leia mais

Estudo da CNI traz cenários para a adoção do Protocolo de Nagoia pelo Brasil
Biodiversidade gera oportunidades para elevar a competitividade do Brasil
CNI lança estudo com análise de leis de acesso e repartição de benefícios de recursos genéticos da biodiversidade

Comentários