Está cursando o Ensino Médio?

Saiba como o SENAI pode te ajudar a sair na frente no mercado de trabalho!
Ensino médio integrado: alunos da escola do SESI aprendem uma profissão no SENAI

Todos os dias a gente descobre algo novo com o avanço das tecnologias, não é mesmo? O volume de informações produzido e a velocidade com que as coisas acontecem influenciam muito o nosso dia a dia, as relações, as formas de trabalho e, claro, o nosso País. Por isso, quem for começar no mundo do trabalho agora, precisa sair na frente.

O mercado está cada vez mais competitivo e as exigências de novas habilidades e capacidades só aumentam. Oferecer modelos mais flexíveis de oferta de Ensino Médio é uma mudança necessária com esse cenário. A escola precisa desenvolver metodologias e abraçar novas tecnologias que favoreçam o desenvolvimento de conhecimentos e competências, e que preparem o aluno para lidar com os desafios que te aguardam no futuro.

É aí que o SENAI entra com um importante papel: o de oferecer a formação técnica e profissional ainda no Ensino Médio, como um fator decisivo para dar ao jovem a oportunidade de chegar ao mundo do trabalho de forma mais imediata, e com chances reais de permanecer nele.

Com o Ensino Médio integrado, diversos alunos das escolas do SESI, por exemplo, já podem concluir seus cursos com a possibilidade de receber um certificado do Ensino Médio e uma habilitação profissional do SENAI para o mundo do trabalho. Ou seja, quem estuda em uma escola onde o SENAI está presente pode terminar o Ensino Médio e já garantir rum emprego formal, ao invés de ter que ingressar em uma Universidade e só depois estar habilitado para exercer uma profissão.

De acordo com a Pesquisa de Egressos do triênio 2015-2017, 6 em cada 10 estudantes que concluíram o curso técnico do SENAI estão inseridos no mercado de trabalho – um número expressivo frente ao cenário econômico do nosso país.

Gostou dessa dica? Confira muito mais conteúdos como este no aplicativo Geração SESI SENAI!

O app está disponível para Android e iOS

Relacionadas

Leia mais

Equipe de robótica de Taubaté (SP) ganha vaga, mas pode não ir a mundial nos Estados Unidos
Estudantes vão representar o Brasil no principal Campeonato de Robótica do Mundo, nos Estados Unidos
Alunos de robótica aprendem habilidades para atuar em qualquer área que escolherem, diz representante da NASA

Comentários