Centro Internacional de Negócios promove série de webinares para micro e pequenas empresas

Objetivo é divulgar temas importantes na área de comércio exterior visando apoiar os empresários na internacionalização das suas empresas
O primeiro será nesta quarta (03) com o tema “Procedimentos Operacionais na Exportação”

No âmbito do Programa Indústria Global, a Confederação Nacional da Indústria (CNI)Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vai promover, por meio da Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN) de Mato Grosso do Sul, uma série de webinares gratuitos voltados para a internacionalização das micro e pequenas empresas.

Os seminários onlines acontecerão nos dias 3, 10 e 17 de junho, com objetivo de divulgar temas importantes na área de comércio exterior visando apoiar os empresários na internacionalização das suas empresas. Os webinares são voltados para empresas que já exportam e querem conhecer mais sobre temas que regem o comércio exterior e empresas que ainda não exportam, mas desejam se preparar para o mercado exterior.

Os interessados podem se inscrever pelo link https://industriaglobal.com.br. O primeiro será nesta quarta-feira (03/06) com o tema “Procedimentos Operacionais na Exportação”, enquanto o segundo será no dia 10 de junho com o tema “Formação de Preço e Propostas” e o terceiro será no dia 17 de junho com o tema “Barreiras Internacionais”. Os encontros virtuais fazem parte das ações realizadas pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (FIEMS) para auxiliar no enfrentamento ao coronavírus. 

Para a coordenadora do Centro Internacional de Negócios de Mato Grosso do Sul (CIN/MS), Nathália Alves, essas formações são uma oportunidade para que os empresários conheçam, de forma rápida, práticas do comércio exterior que facilitam o processo de exportação. “Os webinares são realizados com profissionais referência no tema e que trazem de forma didática e na prática o que ocorre no comércio exterior”, afirmou, completando que neste momento de pandemia do coronavírus a tendência é que que o mercado se torne ainda mais competitivo.

“É muito importante que empresas que já exportam mantenham seus clientes e as que ainda vão começar a exportar, se preparem para um mercado mais exigente. Além disso, o CIN existe para dar todo o apoio às empresas para que cumpram todas as etapas necessárias para uma exportação segura”, reforçou a coordenadora do CIN/MS.

Relacionadas

Leia mais

CNI lança boletim para ajudar micros e pequenas indústrias a enfrentar a crise
CNI integra seis iniciativas internacionais contra os efeitos do coronavírus na economia
CNI cria site para acompanhar medidas na área de comércio exterior no combate à covid-19

Comentários