Equipe brasiliense que vai Torneio SESI F1 nas Escolas apresenta projeto ao Sebrae

Esta é a primeira vez que estudantes do SESI do Distrito Federal participam do torneio ligado à Fórmula 1, realizado em diversos países
Equipe do SESI do Gama (DF) vai participar da etapa nacional F1 nas escolas

Estudantes da escola do Serviço Social da Indústria (SESI) do Gama (DF) apresentaram ao superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no DF, Valdir Oliveira, seu projeto para a etapa nacional da F1 nas Escolas. A competição será de 15 a 17 de março, no Rio de Janeiro.

É a primeira vez que estudantes do SESI-DF participam do torneio, apoiado pela Fórmula 1 e realizado em diversos países. É uma competição multidisciplinar que desafia os estudantes a desenvolverem habilidades práticas de empreendedorismo e de tecnologia.

Os quatro integrantes do Team Colibri contaram ao superintendente como se preparam para a disputa. O grupo também pôde entender melhor como é o trabalho do Sebrae no apoio ao empreendedorismo. “Brasília está se tornando um polo importante de inovação e vocês estão fazendo parte disso. Estou feliz em ver que o Sebrae está ajudando a construir um futuro que já é presente”, disse Valdir Oliveira aos estudantes.

O bate-papo ocorreu no Sebraelab, no Biotic — Parque Tecnológico de Brasília. “Achei muito interessante a visita, para saber mais sobre o assunto e também para ter mais ideias para o nosso projeto, que ainda estamos desenvolvendo”, disse Catharina Farias, 17 anos, líder da equipe, da qual também fazem parte Bárbara Inaba, 16 anos, Lucas Sampaio,17, e Pietra Nicolazzi,16. Os adolescentes estavam acompanhados do interlocutor de Tecnologias Educacionais no SESI-DF, Benedito Aragão.

O Sebrae-DF é um dos parceiros do Team Colibri, orientando os jovens no planejamento das atividades. A equipe também conta com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (SENAI) DF, que dá apoio na criação dos uniformes que os alunos utilizarão no torneio e com a Universidade de Brasília (UnB), que oferece tutoria na construção dos carros-modelo.

FI NAS ESCOLAS - Dezessete equipes de alunos do SESI de 15 unidades da Federação vão participar da competição. Apenas uma seguirá para a etapa mundial, prevista para o segundo semestre. Para a disputa, as equipes levarão carros-modelo baseados nas máquinas da F1. Também apresentarão portfólios de negócios e de marketing.

Relacionadas

Leia mais

Equipe de Novo Hamburgo (RS) vai mostrar que não está de brincadeira no Festival SESI de Robótica
Estudantes de Alagoas desenvolvem bota magnética e calça com eletroestimulação para astronautas
INFOGRÁFICO: Viaje no espaço com o Torneio SESI de Robótica

Comentários