Equilíbrio é chave para o sucesso, conta competidor da WorldSkills

Ruan, de 20 anos, vai representar o Brasil em Jardinagem e Paisagismo na competição internacional de educação profissional. Meta é subir no pódio
Ruan quer conquistar uma vida com as próprias pernas e ter bastante reconhecimento em tudo que fizer

Para o jovem Ruan Gabriel Ferraz dos Santos, 20 anos, conciliar a vida profissional e a pessoal com tranquilidade é a chave para o sucesso. Mas, claro, disciplina é fundamental. O gaúcho de Santa Maria (RS) é tão focado que foi escolhido para representar o Brasil e disputar o ouro na ocupação Jardinagem e Paisagismo na maior competição de profissões técnicas do mundo, a WorldSkills, em agosto, na Rússia. Nessas semanas que antecedem a disputa, ele está bastante ansioso. “Minha meta é subir no pódio”.

Ex-aluno do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), ele já fez três cursos na instituição – Construção Civil, Edificação Predial e Jardinagem e Paisagismo – e conta que cada um foi importante para uma fase diferente da vida. Também explica que os aprendizados adquiridos durante os treinos para o mundial estão acrescentando bastante no que almeja.

"Fui fazer uma especialização de Jardinagem focado em Botânica, no Mato Grosso, para aprender como plantar, visualizar o relevo, quais plantas ficam melhor juntas e como são as combinações para criar um jardim de inverno e um jardim de verão. Também aprendi coisas novas que foram muito importantes para mim como a diferença entre pedra pirenopólis e pedra portuguesa”, destaca.

Ruan é o sexto filho de oito irmãos e conta que se orgulha de suas origens, pois aprendeu a buscar o que queria desde cedo por meio do próprio trabalho. Para ele, isso é o que o ajuda até hoje.

“Eu trabalhava desde novo com obras e quando soube que estavam abertas as inscrições para o curso de Construção Civil pensei ‘olha, já tenho uma noção, quando eu chegar lá vou me dar bem’ e foi o que aconteceu. Me destaquei”, conta o gaúcho.

O jovem vai competir em dupla e terá que criar um jardim com elementos como plantas, serviço de irrigação e construções

Para o futuro, o maior sonho de Ruan é fazer a faculdade de Arquitetura e Urbanismo. E foi isso que o motivou a procurar o SENAI, além do desejo de dar uma vida melhor para a mãe e para os irmãos. “Eu quero uma faculdade, porque é o que sempre sonhei. Venho de uma família humilde. Quero dar uma estrutura melhor para a minha mãe e provar para ela que eu posso ser alguém, sei que já dei bastante trabalho” conta o jovem, que tem como hobby jogar bola e sair com os amigos de vez em quando.

Relacionadas

Leia mais

O pé está sempre na estrada, mas o foco de Daniela é a WorldSkills
Jovem dispensou primeiro emprego para competir na WorldSkills 2019
Conectado! Chegou a hora de Eduardo representar o Brasil na WorldSkills

Comentários