De bagunceiro a aluno modelo e representante do Brasil numa competição mundial: conheça Leonardo Escola

Estudante de escola pública, Leonardo empurrava as disciplinas “com a barriga”. No SENAI, amadureceu e hoje está entre os primeiros do mundo na Tornearia CNC. Ele vai participar da WorldSkills, o mundial de profissões técnicas em agosto, na Rússia
Como os outros jovens, Leonardo sonha com o pódio e deseja cursar Engenharia Mecânica quando voltar da Rússia

Durante boa parte da infância e adolescência, Leonardo Escola não fazia jus ao sobrenome que herdou do pai. “Eu era muito bagunceiro e empurrava as disciplinas com a barriga”, conta Leonardo.  Tudo começou a mudar quando ele ingressou no curso de Tornearia CNC, incentivado pela família, por amigos e pela namorada. “Amadureci”, confessa. Durante o curso, percebeu que poderia ir além, principalmente quando viu colegas participando de competições de educação profissional. “Isso me fez adquirir um novo sonho: chegar onde eles chegaram.”

Um torneiro mecânico é responsável pela operação e manutenção de tornos CNC (sigla para controle numérico computadorizado), um torno de engenharia mecânica utilizado na usinagem de precisão. 

Hoje, aos 22 anos, Leonardo é um estudante disciplinado, tem boas notas e é uma referência entre os alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Pederneiras, município de 45 mil habitantes no interior de São Paulo. Agora ele se prepara para um desafio mais intenso: conquistar o ouro no maior torneio de educação profissional do mundo, a WorldSkills, que acontece em agosto, em Kazan, na Rússia.

A rotina de treinos envolve sacrifícios como ficar longe de casa e da namorada além das dificuldades da própria preparação. Mas o jovem paulista segue confiante, com apoio dos instrutores e da equipe do SENAI, que conta com educadores físicos e psicólogos.

Para a viagem a Kazan, a expectativa é grande. Filho de mãe cabeleireira e pai mecânico, que estudou apenas até a quarta série, Leonardo sonha com o pódio. Na volta ao Brasil, quer se tornar instrutor do SENAI e estudar Engenharia Mecânica.

Relacionadas

Leia mais

SENAI do Ceará sedia seletiva de Mecatrônica para a WorldSkills 2019
Nova ocupação da WorldSkills, Logística tem foco internacional
SENAI do Distrito Federal ganha medalha de ouro em Movelaria nas seletivas da WorldSkills

Comentários