Casca de abacaxi para filtrar água e gel antibacteriano feito de folhas e frutos participam de mostra na OC2018

Os projetos são de estudantes do SESI e serão expostos na Mostra de Ciências e Engenharia da Olimpíada do Conhecimento, entre os dias 5 e 8 de julho, em Brasília
O piloto do “Programa SESI de Iniciação à Pesquisa Científica” teve início em 2016, com a participação de cinco estados (MG, AL, GO, RJ e BA)

A casca do abacaxi não vai mais para o lixo na Escola SESI José Carvalho, em Feira de Santana, no sertão da Bahia. Após muita pesquisa, os alunos do segundo ano do ensino médio desenvolveram um filtro à base do resíduo orgânico carbonizado, que foi transformado em carvão ativado. Em Sapucaia do Sul, no Rio Grande do Sul, também foi da natureza que estudantes do SESI extraíram os princípios ativos para a elaboração de um gel antibacteriano e antifúngico. O produto foi desenvolvido com folhas de alecrim, jambolão - um fruto não comestível, comum nas árvores espalhadas pela cidade - e canela em casca. A orientadora do projeto, Eduarda Fehlberg, explica que a decisão de começar o projeto surgiu depois de uma proliferação de doenças associadas aos maus hábitos de higiene. “Muitos alunos estavam pegando a gripe comum por causa da contaminação de superfícies como bancadas ou chão dos banheiros”, destaca.

Esses são apenas dois exemplos de um total de 48 projetos que estão em fase de desenvolvimento por 144 alunos da Rede Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Eles fazem parte do projeto Mostra de Ciências e Engenharia, que terá sua etapa nacional dentro da Olimpíada do Conhecimento 2018, em Brasília, entre os dias 5 e 8 de julho. A mostra tem como objetivo incentivar a aprendizagem em ciências, tecnologia, engenharia, artes, design e matemática, por meio de projetos científicos e de engenharia dos alunos do SESI da Educação Básica articulada com a Educação Profissional do SENAI (EBEP) para fortalecer a cultura científica da inovação e do empreendedorismo. 

Na Olimpíada do Conhecimento, os trabalhos dos 48 times, formados por três alunos e dois professores orientadores de 22 departamentos regionais do SESI, serão analisados por uma equipe de especialistas da Universidade de São Paulo (USP). Eles fornecerão orientações técnicas para melhoria dos processos com base na metodologia científica de engenharia.
 

Para o gerente-executivo de educação do SESI, Sérgio Gotti, a Rede SESI de Educação tem investido fortemente na formação integral do aluno com foco no mundo do trabalho e tem se tornado cada vez mais referência nas áreas de tecnologia, ciências, engenharia e matemática. “A Mostra de Ciências e Engenharia reúne projetos de pesquisa que utilizam a metodologia aplicada na engenharia, com a finalidade de buscar soluções para a indústria brasileira. Após uma seleção regional, os melhores classificados serão apresentados na Olimpíada do Conhecimento para a etapa nacional da mostra”, informa o gerente do SESI. Os vencedores ganharão medalhas de participação.

HISTÓRICO – O piloto do “Programa SESI de Iniciação à Pesquisa Científica” teve início em 2016, com a participação de cinco estados (MG, AL, GO, RJ e BA). Naquele ano, 15 projetos de alunos do ensino fundamental e médio fizeram parte da mostra nacional na Olimpíada do Conhecimento. As três melhores equipes garantiram vagas na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace). 

A OLIMPÍADA – A Olimpíada do Conhecimento 2018 vai apresentar, em um espaço de 25 mil metros quadrados, a Cidade Inteligente e a Escola do Futuro. Nesses ambientes, o SESI e o SENAI vão mostrar inovações que prometem melhorar a qualidade de vida nos centros urbanos e revolucionar a educação. 

A Olimpíada é uma forma de estimular o interesse dos jovens pela educação profissional e apontar as tendências no mundo do trabalho. Nesta edição, o evento busca conscientizar os brasileiros da importância da formação dos profissionais responsáveis pela sociedade do futuro. 

SAIBA MAIS- 

10º edição da Olimpíada do Conhecimento
5 a 8 de julho de 2018
Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB), próximo à ponte JK
Entrada gratuita.

Relacionadas

Leia mais

Disciplinas de exatas são caminho para profissões do futuro
6 tecnologias que vão fazer você querer mudar para a Casa Inteligente da OC2018
Conheça os vencedores do concurso de youtubers do SESI e SENAI

Comentários