Alunos do SESI vencem desafio nacional sobre o futuro das profissões

Dupla da Escola SESI de Ensino Médio de Pelotas (RS) ficaram em primeiro lugar na disputa que teve participação de mais de 2,5 mil estudantes em todo o País
A orientadora Marina Dias em selfie com os alunos premiados Douglas Machado e Rafael Büttow

Os alunos do Serviço Social da Indústria (SESI) Douglas Machado e Rafael Büttow, orientados pela professora Marina Dias, da Escola SESI de Ensino Médio Eraldo Giacobbe, de Pelotas (RS), foram os vencedores do desafio nacional Criadores do Futuro. A dupla gaúcha, que concorreu com mais de 2,5 mil estudantes de 21 estados, foi desafiada a elaborar uma composição musical autoral e um clipe de três minutos, que ressignificasse o futuro das profissões.

“A escolha da professora orientadora e dos dois alunos para encarar o desafio foi por conta da identificação de suas potencialidades, uma das premissas da metodologia de ensino utilizada na escola SESI”, explica a diretora, Maristela Kellerman. Rafael tem o gosto pela mixagem de áudio e Douglas, pela edição de vídeos. A ideia era utilizar a arte, como o cinema e a música para que os jovens expressassem suas perspectivas. Foram cerca de dois meses de planejamento, elaboração e execução, encarado como um projeto educacional dentro da escola.

Batizado como Um Novo Olhar, a produção trata da necessidade de os jovens buscarem conhecimento para encarar profissões que sequer existem ainda e a importância do pensar sobre como operar equipamentos. Segundo Marina Dias, o objetivo foi mostrar o lado otimista da tecnologia, que pode ser uma aliada do trabalho do futuro. Confira o clipe completo.

“Foi uma oportunidade e tanto de aprendizado e reflexão sobre o mercado para o qual estamos nos preparando”, avalia Douglas, que, assim como Rafael, está no 3º ano do ensino médio. O conceito do vídeo mostra a ligação entre o analógico e o digital, além utilizar como cenários locais modernos e tradicionais de Pelotas, como o Parque Una e o Mercado Central, mesclando o passado e o futuro. 

Realizado pela Escolas Exponenciais, hub de inovação voltado para gestores de escolas particulares brasileiras, o desafio incluiu mais de nove horas de conteúdo criados por alunos de todo o País. Esses vídeo tiveram alcance de 500 mil pessoas por meio das redes sociais. Douglas e Rafael serão premiados com uma viagem temática ao Rio Janeiro, incluindo visita ao Museu do Amanhã, a uma produtora de vídeo carioca, para conhecer um pouco mais sobre esse mercado, e ingressos para o festival Rock in Rio. 

Relacionadas

Leia mais

Quer participar do Torneio SESI de Robótica? 6 dicas pra você brilhar
Estudantes do SESI transformam casca de marisco em telhas para a construção civil
É coisa de primeiro mundo, diz jornalista da Rádio Gaúcha sobre serviços do SESI e do SENAI

Comentários