FIEAC reúne informações de produtos bancários disponíveis para empresários

A publicação detalha, por exemplo, o que cada instituição oferece para financiamento da folha de pagamento e capital de giro em condições especiais para empresas
A federação reuniu informações de produtos bancários em um documento

Com a intenção de auxiliar os empresários que estão tendo os negócios fortemente afetados pela pandemia causada pelo novo coronavírus, a Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC) realizou um levantamento minucioso junto aos bancos para informar à classe industrial todos produtos e serviços que as instituições financeiras estão disponibilizando para mitigar a crise econômica.

O levantamento reúne informações sobre benefícios ofertados pela Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Banco da Amazônia. A publicação detalha, por exemplo, o que cada uma dessas instituições oferecem para financiamento da folha de pagamento, capital de giro em condições especiais para empresas, financiamento de máquinas e equipamentos em condições diferenciadas, possibilidade de suspensão do recolhimento do FGTS, IOF, cartão de crédito, entre outros serviços.

“Estamos empenhados em auxiliar, de diferentes formas, os nossos empresários do setor industrial para que enfrentem e vençam este momento extremamente adverso. Um dos nossos esforços consiste em subsidiar os empreendedores com todas as informações importantes para que consigam manter os negócios de portas abertas. Essa publicação, por exemplo, pode ser utilizada por todos que necessitarem de auxílio junto aos bancos”, destaca o presidente da FIEAC, José Adriano.

A publicação com todas as informações está disponível no site da federação. Acesse e saiba mais.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Empresas podem se inscrever para produção de máscaras reutilizáveis
A importância do Sistema S na pandemia
O ciclo da economia circular

Comentários