6 serviços incríveis do SENAI para indústria brasileira

O Tem Solução traz ações sensacionais para ajudar a sua empresa a inovar e buscar novas soluções tecnológicas, além de qualificar e encontrar os melhores profissionais

Um dos cinco maiores complexos privados de educação profissional do mundo e o maior da América Latina, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) tem transformado a indústria e o perfil do trabalhador brasileiro com inovação, novas tecnologias e capacitação técnica.

Em quase oito décadas, o SENAI se multiplicou por meio de uma rede estruturada, com capilaridade para atender os quatro cantos do país. Já são mais de 80 milhões de trabalhadores formados em 28 áreas da indústria brasileira, com cursos que vão da iniciação profissional à pós-graduação.

No Tem Solução! desta quinta-feira (02), vamos mostrar como o SENAI também incorporou novas tecnologias, antecipou tendências e investiu em 26 institutos de inovação e 62 institutos de tecnologia para pesquisa e oferta de serviços de ponta.

Em 2020, além de 2,2 milhões de matrículas, o SENAI realizou quase 60 mil atendimentos em Serviços de Tecnologia e Inovação. Mais de 10 mil empresas foram atendidas; incluindo a capacitação profissional e as consultorias técnicas e tecnológicas.

Conheça os seis serviços para sua empresa:

1. Institutos SENAI de Inovação

A rede de Institutos SENAI de Inovação atua em todo o território nacional com foco em pesquisa aplicada, emprego do conhecimento de forma prática, desenvolvimento de novos produtos e soluções customizadas para as empresas ou de ideias que geram oportunidades de negócios.

Os institutos trabalham desde a fase pré-competitiva do processo inovativo e atuam até a etapa final de desenvolvimento, quando o novo produto está prestes a ser fabricado pela indústria.

2. Plataforma Inovação para a Indústria

Com o objetivo de aumentar a produtividade e competitividade da indústria brasileira, a Plataforma Inovação para a indústria é um instrumento de financiamento de produtos, processos ou serviços inovadores.

Podem participar das chamadas empresas do setor industrial de todos os portes, inclusive startups de base tecnológica.

3. Institutos SENAI de Tecnologia

Os Institutos SENAI de Tecnologia, por meio de suas 62 unidades espalhadas pela Brasil, atuam no desenvolvimento de soluções tecnológicas para criar novos processos e produtos e na prestação de serviços técnicos especializados de metrologia e consultoria.

4. Contrate.me

O Contrate-me é uma ferramenta com um processo de seleção inteligente e inovador, que encontra o perfil ideal para as vagas oferecidas pela sua organização. As empresas cadastram suas vagas e os candidatos cadastras seus currículos. Entre as vantagens está a seleção de candidatos compatíveis com a cultura da empresa e características do trabalho. 

5. Aprendizagem 4.0

O Programa SENAI de Aprendizagem 4.0 foi desenvolvido para oferecer mão de obra de alta qualidade, preparada para atender às demandas da indústria. É um programa de aprendizagem em formato mais digital e ágil, reunindo competências técnicas requeridas pela Indústria 4.0, e competências socioemocionais, fundamentais para o mundo do trabalho hoje. Atualmente, oferece cursos em Manufatura Avançada 4.0 e de Tecnologia da Informação 4.0.

6. Cursos in company

Com cursos de curta duração, de 40 a 160 horas, o SENAI pode levar qualificação ou aperfeiçoamento de colaboradores para dentro da indústria. Os programas são desenhados para atender às demandas de cada empresa.

Institutos SENAI de Inovação ajudam a elaborar spray contra o coronavírus

Foi em parceria com a rede de Institutos SENAI de Inovação que a empresa de nanotecnologia TNS conseguiu desenvolver um spray à prova do novo coronavírus. A fórmula ajuda a desinfetar superfícies como  bancadas e maçanetas, de modo a prevenir a contaminação, que pode ocorrer se a pessoa tocar em uma superfície contaminada e depois no próprio rosto.

O produto já passou por testes e aguarda aprovação da Anvisa. A imagem do rótulo é meramente ilustrativa

A empresa com sede em Santa Catarina chegou à rede por meio da Plataforma de Inovação para a Indústria (antigo Edital de Inovação para a Indústria). Ao longo de 2020, foram mais de seis meses de pesquisa até encontrar uma fórmula efetiva e segura.


"O produto atendeu todos os pré-requisitos técnicos, de atividade de bactéria, atividade viral, aplicação por 72 horas, foi sensacional. Ficou também dentro do preço. Muito bacana", afirma Gabriel Nunes, diretor da TNS.


Depois dessa etapa, vieram as certificações e adaptações para produção. O primeiro pedido de compra do produto foi de 3 mil toneladas, mas a capacidade de produção é maior. Isso porque a estrutura conta com um reator capaz de produzir até 30 toneladas a cada 3 horas.

"Em dezembro, toda parte técnica estava desenvolvida. A gente só precisava de laudos para confirmar [a eficácia antiviral] porque têm de ser laudos em laboratórios reconhecidos. Foi um investimento nosso para conseguir. No início deste ano, a gente já estava com todas as certificações e em março e abril foi feito um escalonamento para garantir que o produto pudesse ser vendido em larga escala e procurar o cliente que pudesse pôr a marca", conta Gabriel Nunes, diretor da TNS.

A aprovação do registro está na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), exigência no caso de produtos com apelo antiviral. De acordo com Nunes, além do spray antiviral, há outros produtos aguardando autorização regulatória. 

"A gente está tendo de mudar nosso portfólio ou vender para o exterior. Bolívia, Argentina, El Salvador, Colômbia estão comprando mais do que o próprio Brasil", conta. No caso do produto desenvolvido com o SENAI, por ora, a intenção é focar no mercado doméstico, após a liberação do registro.

Relacionadas

Leia mais

VÍDEO: Esse spray torna as superfícies à prova do coronavírus
Plataforma Contrate-me torna processo seletivo mais assertivo
VÍDEO: É hora de inovar com a Plataforma Inovação para a Indústria

Comentários