Empresa conselheira da FIRJAN vence prêmio internacional de sustentabilidade

A premiação reconhece portos que aprimoram e coordenam esforços de sustentabilidade em todo o mundo
O Porto do Açu foi o vencedor na categoria Segurança e Proteção

Porto do Açu Operações, empresa membro dos conselhos empresariais de Meio Ambiente e de Responsabilidade Social da Federação das Indútrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), venceu o Prêmio Mundial de Sustentabilidade da Associação Internacional de Portos (IAPH World Ports Sustainability Award). O reconhecimento ocorreu em cerimônia virtual realizada pela IAPH. A premiação reconhece portos que aprimoram e coordenam esforços de sustentabilidade em todo o mundo.

O Açu, localizado em São João da Barra (Norte Fluminense), foi o único porto da América Latina a ter seu projeto selecionado junto a outros 45 que se candidataram ao prêmio, em seis categorias, dentro da iniciativa do Programa Mundial de Sustentabilidade de Portos. A votação começou em fevereiro deste ano e foi disponibilizada no site da IAPH para voto popular. Um júri qualificado e formado por nomes do setor marítimo reconhecidos internacionalmente também participou da escolha.

Concorrendo com alguns dos maiores portos do mundo, o Porto do Açu foi o vencedor na categoria Segurança e Proteção, com o projeto de "Preparação para Emergências". O plano preventivo, proativo e integrado teve como objetivo capacitar os diferentes terminais do Açu e agentes competentes para atuação em possíveis incidentes de grandes proporções envolvendo óleo, após um derramamento, de origem desconhecida, que se espalhou por praias do nordeste brasileiro, em agosto de 2019. 

"Essa conquista demonstra o engajamento das empresas fluminenses em estarem um passo à frente quando se trata de melhores práticas de sustentabilidade e segurança", analisou o presidente do Conselho de Meio Ambiente da FIRJAN, Isaac Plachta.

“Para nós, é um reconhecimento fantástico da capacidade do nosso porto, ainda jovem, de atuar preventivamente por meio de ações integradas, respondendo ativamente a situações de emergências e mitigando riscos para as pessoas, o meio ambiente e a comunidade portuária”, afirmou José Firmo, CEO da Porto do Açu Operações.

Relacionadas

Leia mais

CNI acompanha medidas do governo em sustentabilidade para minimizar impactos da pandemia
Inovação ágil será decisiva para o Brasil no pós pandemia, afirma diretor-geral do SENAI
Brasil tem oportunidade de ser líder na bioeconomia, diz presidente da Associação Brasileira de Bioinovação

Comentários