SESI do Pará doa R$10 mil e equipamentos para grupo de atletas cadeirantes

O recurso foi arrecadado com as inscrições para o Passeio Ciclístico SESI SENAI, realizado em janeiro de 2020
"Atitudes como essa do SESI ajudam a nos desenvolver e sermos melhores profissionais" - David Pontes

O Serviço Social da Indústria (SESI) do Pará doou R$ 10 mil à equipe esportiva paraense para pessoas com deficiências, All Star Rodas. O recurso foi arrecadado com as inscrições para o Passeio Ciclístico SESI SENAI, realizado no mês de janeiro de 2020. Além da verba financeira também foram doadas ao grupo duas tabelas de basquete reguláveis, que auxiliarão no treinamento dos atletas cadeirantes.

Para Wilson Caju, fundador e primeiro presidente do grupo - que reúne equipes masculinas e femininas nas modalidades de atletismo, natação e basquete -, todo o apoio contribui para que os integrantes do grupo tenham bons resultados durante as competições. “É motivo de orgulho para nós estarmos aqui e levar isso para os demais atletas, além de abrirmos uma porta para a profissionalização, a capacitação dos nossos atletas”, comentou Caju.

Usuário de cadeira de rodas há oito anos após um acidente de moto, David Pontes, atleta e integrante da equipe de basquete, afirma que o apoio prestado não beneficia só as pessoas com deficiência, mas sim toda a sociedade.

“Ainda sofremos muito preconceito. No meu caso, as pessoas esquecem que eu tenho braços, elas só enxergam que eu não ando. Mas a pessoa com deficiência tem muito potencial. Atitudes como essa do SESI ajudam a nos desenvolver e sermos melhores profissionais”, conta Pontes.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), José Conrado Santos, lembrou que o SESI é uma instituição que valoriza o esporte, portanto a escolha da entidade para fazer as doações foi nesse sentido. “Um sonho como esse, idealizado por Wilson Caju, às vezes custa muito a acontecer, requer paciência, e é desse tipo de exemplo que precisamos”, frisou.

Rildo Saldanha, atual presidente do All Star Rodas, reforçou o agradecimento. “Não é de hoje que temos essa parceria. Sempre que o All Star Rodas precisa, o SESI estende a mão. Muito obrigado em nomes de toda a equipe All Star”, disse.

O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Pará e superintendente regional do SESI, Dário Lemos, disse que as doações são também um reconhecimento ao trabalho social que o All Star Rodas vem desenvolvendo há 40 anos. “Para nós é gratificante ajudar uma instituição que realiza um trabalho para além do atletismo, mas que também tem essa missão de promover a inclusão dos atletas na vida profissional e pessoal”, finalizou.

Relacionadas

Leia mais

Educação a distância é pedagogia, não tecnologia
Profissões do presente: entre de vez na era digital com novos cursos do SENAI
Estagiários do programa IEL são contratados por empresas em plena pandemia

Comentários