SESI cede unidade ao governo do Rio de Janeiro para combate a covid-19

O SESI Honório Gurgel ficará disponível por um ano e pode ser utilizado como um ponto para ações de diagnóstico e atendimentos rápidos
A unidade estava fechada desde 2017

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) cedeu à Prefeitura do Rio de Janeiro por um ano a unidade SESI Honório Gurgel para ajudar no combate ao coronavírus. O local, que estava fechado desde 2017, tem 31 mil metros quadrados e está em uma área de grande densidade populacional com alto índice de vulnerabilidade social.

A unidade está disponível para ser usada, por exemplo, como um ponto para ações de diagnóstico e atendimentos rápidos de forma contribuir para evitar o colapso das unidades de saúde. Além disso, o local tem amplos espaços ao ar livre e estão aptos a receber grande fluxos de pessoas.

“O momento é de unirmos esforços para conter o avanço do coronavírus e pensar em alternativas para ampliar o atendimento à população mais vulnerável. É papel do SESI cuidar da saúde do trabalhador dentro e fora da indústria e de seu bem-estar, por isso queremos contribuir de forma efetiva para frear a pandemia aqui no Rio de Janeiro. A prioridade agora é salvar vidas”, enfatizou o presidente da FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.

O espaço foi cedido em regime de cessão não onerosa, ou seja, o governo não vai pagar para utilizar o local. Toda a operação de atendimento e saúde ficarão a cargo da prefeitura, que vai definir como será o funcionamento.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Cervejaria de Mato Grosso do Sul envasa álcool para atender rede pública de saúde
Empresários compram máscaras, luvas e aparelhos para hospitais públicos do Ceará
Unidades móveis do SESI vão ajudar no combate ao coronavírus no Maranhão

Comentários