Indústrias de construção do Pará receberão orientações sobre a covid-19

Em parceria com o Sinduscon, a equipe de Saúde e Segurança do Trabalho do SESI visitará canteiros de obra para repassar informações sobre enfrentamento à pandemia
A equipe do SESI vai visitar cerca de 50 canteiros de obras da Região Metropolitana de Belém

No momento em que estiverem liberadas as atividades em alguns municípios paraenses, trabalhadores da construção civil receberão orientações de saúde e segurança para prevenir o contágio pelo novo coronavírus. A ação será implementada pelo Sindicato da Industria da Construção Civil (Sinduscon) do Pará, a partir de uma parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), em 50 canteiros de obras da Região Metropolitana de Belém.

Segundo o presidente do Sinduscon/PA, Alex Carvalho, o objetivo é sistematizar, padronizar e fortalecer ações que já vinham sendo realizadas pela entidade nos canteiros de obra e junto aos demais trabalhadores da construção civil, com divulgação de conteúdos educativos sobre higiene e segurança relacionados ao coronavírus e distribuição de máscaras.

“A partir da parceria do SESI do Pará, pretendemos conseguir resultados maiores e mais eficazes, criando recursos para que as próprias empresas possam estar mais preparadas para atuar nesse cenário e para que os trabalhadores se sintam mais seguros em suas atividades”, explica Carvalho.

Jacilaine Souza, gerente de Segurança e Saúde na Indústria do SESI Pará, explica que neste primeiro momento o trabalho será focado em ações de prevenção com metodologias específicas para gestores e operários e contará com uma equipe de técnicos e especialistas nas áreas de segurança, medicina do trabalho, enfermagem e odontologia. Entre os temas abordados estarão a higienização de equipamentos de proteção individuais (EPIs), de maquinários e ambiente de trabalho; higiene pessoal no ambiente de trabalho e doméstico; regime de trabalho frente ao distanciamento social ou isolamento; e higienização bucal. Também será realizada a triagem orientativa sobre sintomas da doença.

“A intenção é atuar mais fortemente com prevenção em segurança e saúde não somente no ambiente de trabalho, mas também no cotidiano doméstico do trabalhador para que ele possa ser um multiplicador dessas informações dentro das suas casas, junto aos seus familiares e dessa forma possamos erradicar o quanto antes essa pandemia”, explica.

Também será implementado um checklist para que a própria empresa possa fazer a verificação constante das medidas de higiene na obra, entre outras ações de minimização de riscos de acordo com a legislação de saúde e segurança vigente. Para evitar o contágio, todos os conteúdos informativos (cartilhas, cards, cartazes) a serem repassados aos trabalhadores serão distribuídos em meio digital (e-mail, whatsapp, rede social).

Outras ações do SESI no Pará

Junto às indústrias de outros segmentos, o SESI Pará tem realizado diversas ações de enfrentamento à pandemia do Covid-19 como por exemplo: atendimentos online médico e psicossocial aos trabalhadores, compartilhamento online de material educativo e de prevenção em saúde respiratória, auditiva, odontológica, segurança e medicina ocupacional no ambiente de trabalho, campanha de vacinação para H1N1 (alcançando cerca de 10 mil trabalhadores de 50 empresas), esta última com a imunização para a gripe sazonal facilita o diagnóstico e gerenciamento de casos suspeitos de covid-19, doença causada pelo coronavírus.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

SESI do Maranhão faz entrega de kits de higiene para combate à covid-19
FIERO entrega máscaras para trabalhadores da indústria
SENAI e Governo do Paraná vão apoiar 10 empresas que têm soluções para covid-19

Comentários