SENAI e Governo do Paraná vão apoiar 10 empresas que têm soluções para covid-19

Conheça os projetos selecionados pela chamada Saúde Tech PR que serão desenvolvidos com suporte dos Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação
As empresas terão até quatro meses para executar os projetos

Uso de Inteligência Artificial para triagem e monitoramento de pessoas contaminadas, desenvolvimento de unidades portáteis para desinfecção de ambientes, roupas com verificação de temperatura e tintas para hospitais com propriedades antivirais. Esses são alguns dos projetos selecionados pela chamada Saúde Tech PR, iniciativa do Serviço Nacional de Apredizagem Industrial (SENAI) do Paraná, do Governo do Estado e da Fundação Araucária para o enfrentamento da pandemia de covid-19 no estado.

“O momento que estamos vivendo reforça a importância da pesquisa e inovação, que estão entre os pilares da atuação da FIEP”, afirma o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Carlos Valter Martins Pedro.

“Com os Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação, possuímos estrutura adequada, especialistas e conhecimentos técnicos para colocar à disposição da sociedade, apoiando as empresas na busca por soluções para esta crise sanitária”, completa.

A chamada investiu R$1,4 milhão e selecionou dez empresas paranaenses com projetos que irão ajudar no monitoramento, controle e tratamento da covid-19. As empresas terão até quatro meses para executar os projetos. Para isso, receberão o suporte de estrutura e de equipe do SENAI, com acesso a laboratórios e pesquisadores. 

Para entregar resultados a curto prazo para a sociedade, o investimento procurou apoiar empresas que já possuíam projetos bem desenvolvidos de combate ao novo coronavírus. “Uma das principais metas do Governo é transformar o Estado no mais inovador e moderno do país. Pois é por meio da inovação e da pesquisa aplicada que conseguimos avanços sociais, econômicos e humanos”, informou o presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig.

Confira as empresas selecionadas e os respectivos projetos:

  • Benazzi Engenharia: uso de BIM para otimização de layout de hospitais já construídos.
  • ConsultaME: plataforma de atendimento médico-paciente.
  • DOD – Inteligência Artificial: totem de triagem hospitalar de auto-verificação de saúde com câmera térmica.
  • Eureka Software: monitoramento de circulação das pessoas nas cidades.
  • IOTO: substituição de importação de insumo para fabricação de álcool em gel.
  • Laura: uso de IA para triagem virtual e monitoramento.
  • Mão Colorida: unidade portátil para desinfecção (UPD) de ambientes.
  • Perfil térmico: wearable para monitoramento da temperatura das pessoas.
  • Renner Hermann: tinta de parede com propriedade antiviral para hospitais.
  • True Work: aplicativo e pulseira de monitoramento de infectados.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

FIRJAN mobiliza empresas do setor têxtil para produzir 2,5 milhões de máscaras
SENAI é reconhecido para fazer controle metrológico de medidores de vazão de gás
SENAI do Rio Grande do Sul produz e doa máscaras para vários municípios

Comentários