Conexão Maker: tecnologia e inovação para solucionar problemas ambientais e sociais

Nova temporada do programa do Canal Futura e do SESI estreia quinta-feira (15) com projetos desenvolvidos a partir da fabricação digital e do trabalho colaborativo

A consultora em inovação Gabi Agustini apresenta a série, que mostra um protótipo inovador por episódio

A cultura maker, do faça você mesmo, veio para ficar. Nos quatro cantos do país, é possível encontrar espaços e pessoas dedicadas a colocar a “mão na massa” de maneira colaborativa, para desenvolver soluções com impacto social e ambiental. Tudo isso com inovação e tecnologia. Nesta quinta-feira (15), o Conexão Maker, série do Canal Futura para avaliar projetos como esses, estreia sua segunda temporada.

O primeiro episódio conta a história do Oráculo Arco-íris, iniciativa que pretende levar arte para espaços públicos. Além de criar figurinos artísticos com materiais reciclados, o grupo planeja usar técnicas de impressão 3D para aprimorar as indumentárias.

Ao longo da temporada, mais iniciativas de arte, acessibilidade, educação, impacto ambiental, entre outros temas, serão avaliadas e aprimoradas. Protótipos como um drone de reflorestamento para áreas remotas ou de difícil acesso; um nano-satélite estacionário de monitoramento meteorológico voltado para agricultores de comunidades quilombolas e periféricas; uma impressora em braille de baixo custo; uma interface de comunicação com computadores controlada apenas pelo movimento dos olhos; e um medidor de energia, que funciona como ferramenta de conscientização do gasto de energia.    
   
Serão, ao todo, 10 episódios, que acompanham ainda o desenvolvimento de um sensor de distância e obstáculos para ser utilizada como indumentária por cegos; um mecanismo de abertura de portas feito para prevenir a contaminação por contato com superfícies; uma arquibancada modular de fácil montagem e que promove integração comunitária; uma máquina recicladora de sobra de filamentos de impressoras 3D. 

Óráculo Arco-íris, do primeiro episódio, leva arte para espaços públicos: figurinos artísticos com materiais reciclados e impressão 3D

Onde assistir

Parceria do Canal Futura com o Serviço Social da Indústria (SESI), o Conexão Maker vai ao ar toda quinta-feira às 22h no Canal Futura. A série também estará disponível em página especial na plataforma Canais Globo e no Globoplay, com acesso gratuito e sem cadastro.

A consultora em inovação Gabi Agustini é quem apresenta a série mostrando um protótipo inovador por episódio. A equipe criadora é orientada por um maker colaborativo, o que permite ao público entender os desafios e as etapas para implementação de propostas inovadoras. 

Nesta temporada, os episódios ganham três novos quadros e uma nova forma de avaliação final: um representante do público-alvo a ser impactado pelo protótipo avalia o desenvolvimento do produto, tornando a análise mais direta e real.  
   
Com produção da CineGroup, o programa é gravado em diferentes espaços maker – ambientes coletivos que promovem a experimentação e a conexão de ideias entre diferentes iniciativas do universo da tecnologia. Os projetos de cunho ambiental e social ganham ainda mais relevância no momento em que repensamos nossas formas de consumo e de produção, em um mundo conectado e preocupado com o futuro.

ZBraille é um dos projetos que promovem a inclusão de pessoas com deficiência

Estreia e websérie

A estreia vai contar com uma live, no Instagram do Futura (@canal_futura), dia 15, às 19h, em que a apresentadora Gabi Augustini vai conversar com a arquiteta e designer Rita Wu, pesquisadora ligada ao universo maker e que desenvolve trabalhos sobre a relação entre corpo e tecnologia.  
  
Nesta temporada, Conexão Maker também contará com uma websérie de cinco episódios no canal do Futura no YouTube, com estreia no dia 16. Realizada por uma ex-participante da oficina de audiovisual Geração Futura, a websérie mostrará as histórias de criadores dedicados à cultura maker.

Sobre o Futura

O Futura é uma realização da Fundação Roberto Marinho e resultado da parceria entre organizações da iniciava privada, unidas pelo compromisso de investir socialmente e líderes em seus segmentos. Os parceiros mantenedores são SESI e SENAI nacional, FIESP/SESI-SP/SENAI-SP, Fundação Bradesco, Itaú Social e Globo.
 

Relacionadas

Leia mais

Jovens preparados para a indústria 4.0 em destaque no Canal Futura
Cultura maker e educação na pandemia
Espaço Maker: Conheça a novidade do SESI para preparar os alunos para o futuro

Comentários