Quebrando paradigmas: admiração pela profissão do pai leva filha a se inscrever em curso de Mecânico do SENAI

Na turma do curso de Qualificação Profissional formada por 15 alunos, Michaella é a única mulher

A formação da jovem na área de mecânica de Motor de Embarcação acontece através do Programa SENAI de Ações Inclusivas - PSAI

Foi a admiração pela carreira profissional do pai, o marinheiro de máquinas Miguel Angelo, que levou Michaella Angel, de 19 anos de idade, a quebrar um paradigma e se inscrever no processo seletivo para o curso de Mecânico de Motor de Embarcação (Popa e Centro), oferecido pelo SENAI PB e Ministério Público do Trabalho da Paraíba.

Quando estava em casa, seu Miguel sempre compartilhou com a filha a rotina da profissão, e isso despertou o seu interesse e admiração. “Seus relatos acabaram gerando em mim uma curiosidade, um interesse em conhecer mais sobre o funcionamento das máquinas, e quando eu vi que o SENAI estava oferecendo o curso, eu pesquisei sobre e vi que era uma profissão com mercado de trabalho favorável. Meu interesse aumentou e me inscrevi no processo seletivo, junto com meu pai”, explicou.

Na turma do curso de Qualificação Profissional formada por 15 alunos, Michaella é a única mulher. Mas tem algo que segundo ela, a deixa confortável, é a presença de seu Miguel, que torna a sala de aula um ambiente familiar.


“Ter meu pai como colega de turma é interessante, porque eu me sinto mais confortável por ter uma pessoa da minha família por perto, ele é muito dinâmico, a gente interage muito, e ele por ter experiência na área, acaba sendo um segundo professor para mim”, afirma a aluna.


 

Ao seguir os passos de seu pai Miguel, a jovem acabou desenvolvendo uma paixão pelas máquinas, e planeja no futuro trabalhar junto com o pai, numa oficina.

A formação da jovem na área de mecânica de Motor de Embarcação acontece através do Programa SENAI de Ações Inclusivas - PSAI. Por meio do programa, o SENAI valoriza a diversidade e promove a formação profissional de todas as pessoas.

O instrutor do curso, José Arlan Gonçalves de Souza Silva, é só elogios para a aluna. “Desde o início do curso Michaella tem sido muito assídua e participativa nas aulas, interessada nos conteúdos. E tem desempenhado muito bem as atividades práticas, trabalha em pé de igualdade com os demais alunos da turma. É uma jovem exemplar, e junto com o pai, que acompanha ela nas atividades, nos deixa até emocionado, porque existe uma sintonia entre os dois, eles são parceiros na construção do conhecimento”, comentou.

Seguindo os passos de seu Miguel, a jovem acabou desenvolvendo uma paixão pelas máquinas, e planeja no futuro trabalhar junto com o pai, numa oficina. “Após a conclusão do curso pretendo estagiar em alguma oficina para conhecer um pouco mais do cotidiano da profissão. Mas, futuramente, quero abrir uma oficina com meu pai, para trabalharmos juntos, essa é a minha meta”, enfatiza Michaella.

O pai da aluna não esconde a alegria da escolha que ela fez. “Pra mim é um grande orgulho, ter uma filha que está seguindo os mesmos passos que eu, se aperfeiçoando na área de mecânica de motores de embarcações,  que foi a profissão que escolhi. Por muitos anos, me dedico a essa atividade, e toda minha experiência eu compartilho com minha família, e a Michaella sempre teve a curiosidade em conhecer mais sobre o funcionamento dos motores, e quando soube do curso, perguntei se ela gostaria de se inscrever e imediatamente me disse que sim, o que me deixou emocionado”, relata seu Miguel.

O curso de mecânico de Motor de Embarcação começou em junho e será concluído no dia 23 de agosto. A carga horária é de 200 horas, e a estrutura curricular é dividida em duas unidades: preparação mercadológica do aluno e manutenção de motores de embarcação de Popa e Centro. As aulas acontecem na Marinha, em Cabedelo, através de uma parceria entre o SENAI, o MPT-PB e a prefeitura do município.


“Tenho recebido um importante apoio do SENAI e do instrutor. É um grande diferencial assistir as aulas na Marinha, onde temos motores reais e podemos visualizar o funcionamento das embarcações em movimento, isso acaba ajudando muito na nossa formação”, finalizou Michaella.


 

O curso de mecânico de Motor de Embarcação começou em junho e será concluído no dia 23 de agosto

Relacionadas

Leia mais

Indústria Entrevista: Luisa Canziani, presidente da Frente Parlamentar Digital
Testes em tecidos antivirais têm 99% de eficácia contra a Covid-19
SESI já apoiou vacinação de mais de 2,1 milhões de brasileiros contra a Covid

Comentários