Pernambucanos apostam em planta regional para melhorar qualidade da alimentação no espaço

Projeto de uso do bredo garantiu a vaga da equipe New Atom, de Recife, no Torneio SESI de Robótica FIRST LEGO League. Competição faz parte do Festival SESI de Robótica e será realizado neste fim de semana (15 a 17 de março)
Os melhores colocados na etapa nacional, que acontecerá no Rio de Janeiro, podem garantir uma vaga no torneio mundial em Houston, nos Estados Unidos

Nesta temporada do Torneio SESI de Robótica FIRST LEGO League, o Serviço Social da Indústria (SESI) desafiou estudantes das escolas brasileiras com o tema "Em órbita". A ideia era que cada equipe inscrita pudesse desenvolver alternativas que ajudassem no bem-estar de astronautas e em pesquisas espaciais.

Em Recife, uma das equipes que foi classificada para a etapa nacional no Rio de Janeiro foi a New Atom, da escola SESI Ibura. O projeto do grupo envolve a produção de hortaliças para que os viajantes espaciais tenham uma alimentação mais saudável. Para isso, os estudantes pensaram no bredo, uma planta regional, conhecida também como caruru, que é resistente e só precisaria de uma iluminação leve e o próprio ambiente da estação. 

O técnico da equipe, professor Marcos Antônio, acompanhou o desenvolvimento dos alunos ao longo do projeto. Ele conta que no início, os jovens com idades de 13 a 16 anos estavam tímidos e dependiam muito da orientação, mas depois foi ficando mais fácil, eles ficaram mais maduros e conseguiram desenvolver as próprias ideias.

“A princípio, a gente trabalha a questão da responsabilidade, que a gente associa o trabalho da robótica ao desempenho escolar. Fica um pouco naquela pressão, mas com o desenrolar do trabalho, eles começam a desenvolver outras habilidades”, conta o professor.

Os alunos competiram no torneio regional, realizado em Pernambuco, em dezembro. Quando foram classificados para a nacional, a equipe decidiu fazer melhorias no projeto do bredo e também em projeto paralelo de um robô – um dos desafios é criar um robô com peças LEGO. A pontuação envolve criatividade, estética e funcionalidade do brinquedo. 

SAIBA MAIS - Confira todas as informações sobre a disputa no site do Festival SESI de Robótica!

Relacionadas

Leia mais

7 motivos para participar do Festival SESI de Robótica
Missões da NASA inspiram alunos de Recife no Festival SESI de Robótica
Rio de Janeiro vai receber o maior Festival de Robótica do Brasil

Comentários