Jeep e SENAI qualificam profissionais para fábrica em Pernambuco

Curso será dentro da fábrica da montadora, na cidade de Goiana (PE). Profissionais vão trabalhar na produção técnica de ferramentaria
Alunos que vão participar do curso de ferramentaria, na fábrica da Jeep, em PE

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Pernambuco e a Fiat Chrysler Automóveis (FCA) deram o pontapé inicial no Programa Formação de Ferramenteiros, que pretende capacitar profissionais do Polo Automotivo Jeep na produção técnica de ferramentaria. Em um encontro realizado dentro da fábrica da Jeep, em Goiana, os 30 colaboradores selecionados para a primeira turma do projeto foram acolhidos por representantes do polo e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e receberam informações sobre a qualificação, primeira deste tipo a ser realizada no estado. 

Ao todo, mais de 1000 colaboradores da Jeep e das empresas do sistema participaram do processo seletivo. Em uma iniciativa pioneira, os selecionados participarão de aulas teóricas e práticas, que serão ministradas em um laboratório estruturado pelo SENAI/PE dentro da fábrica da Jeep. Os alunos terão também a oportunidade de aprimorar os conhecimentos na Prima Sole, uma das empresas instaladas no supply park.

“Ter a possibilidade de desenvolver as pessoas é nosso objetivo. Sabemos que esse curso irá transformar o percurso profissional de vocês”, disse o Plant Manager da Jeep, Pierluigi Astorino. No total, o curso terá duração de 14 meses.

O curso começou a ser elaborado há um ano, com a participação de especialistas do SENAI, da Jeep e outras empresas. A ideia era garantir uma grade curricular que atendesse, efetivamente, às necessidades do polo automotivo, formando profissionais mais assertivos nas atividades.

Diretora Regional do SENAI Pernambuco, Camila Barreto agradeceu a confiança dos empresários e parabenizou os novos alunos. “Estamos aqui para colaborar com a produtividade da Jeep e de todos os sistemistas. Nossa missão é formar profissionais para a indústria pernambucana”, reforçou a diretora.

Responsável pela área de Ferramentaria no setor de Prensas da Jeep, Alexandro Lopes incentivou que os alunos aproveitassem a oportunidade de participar de um curso do SENAI. “Há exatos 20 anos eu concluí um curso profissionalizante de ferramentaria no SENAI Almirante Tamandaré, em São Paulo. Foi um dos melhores anos da minha vida. O SENAI é uma instituição plenamente capaz de ensinar ferramentaria, mas não apenas isso. Ele também ensina você a ser o melhor profissional da sua área”, declarou Lopes.

Relacionadas

Leia mais

Indústria e governo juntos pelo desenvolvimento do Nordeste e da Amazônia Legal
IEL 51 anos: inovação para a indústria brasileira
SENAI forma profissionais para trabalhar na construção de parque de energia eólica

Comentários