Catorze carretas equipadas com maquinário de ponta levam cursos aos 79 municípios de MS

Unidades móveis do SENAI disseminam qualificação profissional no interior do país. Nos caminhões, é possível se profissionalizar em áreas como automação, comandos elétricos, mecânica diesel, manutenção de máquinas agrícolas, instrumentação e controle, panificação, solda, colheita florestal e CAD vestuário
Há quase 10 anos o SENAI-MS leva educação e tecnologia a todos os municípios do Estado, por mais remota que seja a região

O ditado popular “se Maomé não vai à montanha, a montanha vai Maomé” se aplica perfeitamente ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). No Mato Grosso do Sul, por exemplo, todos os 79 municípios do estados são atendidos pelo SENAI. Ao todo, a instituição conta com 14 unidades móveis para levar cursos de qualificação mão de obra voltados para as indústrias sul-matogrossenses.

“Há quase 10 anos temos unidades móveis, todas equipadas para levar educação e tecnologia a todos os municípios, por mais remoto que seja o lugar. Assim atendemos a indústria, que é nosso maior cliente”, afirmou o diretor-regional do SENAI, Rodolpho Caesar Mangialardo.

Ele acrescenta que as 14 unidades móveis podem oferecer cursos nas áreas de automação, comandos elétricos, mecânica diesel, manutenção de máquinas agrícolas, instrumentação e controle, panificação, solda, colheita florestal, CAD vestuário e lab cerâmica. “Além disso, a unidade multifuncional serve como uma sala de aula, podendo oferecer diversos cursos que precisam apenas de uma bancada pequena”, completou.

Rodolpho Mangialardo explica que os cursos remotos em unidades móveis não estão limitados às carretas existentes. “Temos condições de desenvolver uma nova carreta, como já fizemos na região em Três Lagoas por causa da alta demanda em corte de eucalipto. Então nós podemos customizar uma unidade ou criar algo novo. Para esse ano, estamos reformando todas as unidades tanto na parte estrutural quanto em equipamentos e também vamos oferecer uma unidade móvel 4.0”, adiantou.

A nova unidade deverá atender conceitos da chamada 4ª Revolução Industrial, apresentando novas tecnologias e processos. “A ideia é que você entre na carreta como cliente, faça o pedido e saia da carreta com o pedido entregue. Vamos usar impressora 3D e tecnologia e-commerce”, destacou o diretor-regional do SENAI.

MINIESCOLA – Em Vista Alegre, distrito do município de Maracaju (MS), o SENAI levou uma miniescola para atender a população da região. Ao todo, são quatro unidades móveis que oferecem desde novembro de 2018 os cursos de tratamento de água e seus afluentes, mecânico de máquinas agrícolas, mecânico lubrificador, pedreiro de alvenaria e costureiro em customização de roupas.

A oferta faz parte de uma parceria entre a Senai e a indústria sucroenergética Brookfield Energy para beneficiar a Acomma (Associação Comunitária das Mulheres de Maracaju) e a comunidade local. Na avaliação da aluna Ligeane Alves Ossuna, que faz o curso de confeitaria, sem as unidades móveis do SENAI seria muito difícil ter qualidade no desenvolvimento do curso.

“Nossa região é muito carente de serviços como esses e acho que não teria oportunidade de me qualificar aqui se não fosse pelo Senai, que tem me proporcionado a chance de melhorar de vida. Mesmo sem concluir o curso, já consigo produzir muitas coisas para vender e isso já está conseguindo ajudar a complementar a renda da minha família”, declarou Ligeane Ossuna.


Para a também aluna do curso de confeitaria, Erica Moreira de Macedo, as aulas do SENAI têm proporcionado conhecimento único. “Aqui em Vista Alegre eu não conseguiria pagar esse curso hoje, que com certeza vai abrir muitas portas para o mercado de trabalho. Meu sonho realmente é ter um negócio próprio, mas só o fato de saber fazer doces, pães e bolos em casa para minha família já é um algo a mais. Sem falar que ter um diploma é uma conquista muito grande, a realização de um sonho que eu jamais teria como realizar”, ressaltou.

DIRETO PARA O SENAI – As unidades móveis também estão disponíveis para atender diretamente a indústria. Em Três Lagoas (MS), a unidade móvel de solda está instalada na indústria de celulose Eldorado para oferecer o curso de NR 18.11 (Norma Regulamentadora), relativo à segurança na operação de soldagem e corte a quente, aos trabalhadores da empresa, que não precisam se deslocar até a unidade do SENAI localizada na zona urbana do município.

Lucas Marques da Silva é um dos alunos e viu na formação uma oportunidade de aperfeiçoar as técnicas.

“Acho que quem trabalha fora de casa tem ainda mais dificuldade de buscar uma qualificação e a empresa e o Senai oferecerem esse curso aqui ajuda muito. Acredito que vou melhorar meu desempenho aqui, ajudar mais minha equipe e ser cada vez mais útil na empresa e, com isso, posso quem sabe alcançar um cargo melhor aqui dentro”, comentou.

Na mesma linha, o aluno Agnaldo Barbosa Pinto percebeu no curso oferecido pelo Senai uma forma de melhorar sua performance profissional na Eldorado. “Acredito que nesse mercado de trabalho vez mais exigente, é fundamental que busquemos sempre nos qualificar e nos atualiza e acho que esse curso aqui foi uma grande oportunidade, porque além de toda a qualidade da estrutura e do instrutor, não precisamos nos descolar no final do expediente até uma escola, por exemplo. Ter o curso no mesmo local do trabalho torna tudo muito mais fácil e acessível para nós e ajuda a melhorar nosso desempenho no trabalho”, concluiu.

SAIBA MAIS - O programa Tem Vaga! de março foi sobre as unidades móveis do SENAI. Confira!

Relacionadas

Leia mais

Barco escola SENAI Samaúma I leva educação a moradores do Amapá
Está na hora de construir o seu futuro. Faça um curso no SENAI!
SENAI é referência internacional em desenvolvimento de competências para o mercado de trabalho

Comentários