Cartilha ajuda na escolha de quase 50 profissões da indústria

A cartilha será distribuída gratuitamente durante a Olimpíada do Conhecimento , o maior torneio de educação profissional das américas, que ocorre entre 3 e 6 de setembro, no Expominas, em Belo Horizonte

A indústria brasileira oferece boas oportunidades para quem está escolhendo ou pretende mudar de profissão. Por isso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) lança o guia Escolha Profissões da Indústria. A cartilha será distribuída gratuitamente durante a Olimpíada do Conhecimento, o maior torneio de educação profissional das américas, que ocorre entre 3 e 6 de setembro no Expominas, em Belo Horizonte. 

A publicação, que também poderá ser baixada gratuitamente, mostra as principais atividades de 48 profissões técnicas da indústria divididas em seis áreas: tecnologias de manufatura e engenharias; construção e edificações; moda e criatividade; tecnologias da informação e comunicação; serviços e transporte e logística. 

Destaca ainda as competências técnicas e os talentos pessoais exigidos pelo mercado de trabalho, os segmentos e as empresas que mais demandam a profissão e a remuneração inicial média oferecida pelo mercado de trabalho. Há também depoimentos de profissionais das áreas, que falam sobre os desafios e as oportunidades oferecidos pela carreira escolhida. 

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - Além disso, a cartilha aponta os cursos do SENAI que formam para as diversas profissões da indústria. Levantamento feito entre 2010 e 2012 com profissionais formados no SENAI mostra que, um ano depois de obterem o diploma, os trabalhadores de nível técnico conseguem aumentar sua renda em 24%. O estudo do SENAI, que acompanhou metade das quase 40 mil pessoas que terminaram os cursos em 2010, revela que 72% dos ex-alunos dos cursos técnicos conseguem trabalho no primeiro ano depois da formatura e têm renda média de 2,6 salários mínimos, o que, na época do estudo equivalia a R$ 1,6 mil. 

Os cursos técnicos são destinados para estudantes que estão na segunda ou terceira séries ou já completaram o ensino médio. Com duração de 800 a 1,4 mil horas/aula (até dois anos), os cursos do SENAI oferecem conhecimentos teóricos e práticos em diversos setores da indústria, ajudam a desenvolver talentos pessoais e preparam os jovens para a entrada no mercado de trabalho. 

TORNEIO BIENAL - As atividades das profissões descritas no guia podem ser conferidas na Olimpíada do Conhecimento que, neste ano, reunirá 800 competidores que disputarão medalhas de ouro, prata e bronze em 58 profissões técnicas ligadas à indústria e ao setor de serviços. Neste ano, pela primeira vez, o torneio terá a participação dos cursos da área de agropecuária dos Institutos Federais de Tecnologia. 

A competição bienal testa as habilidades técnicas e pessoais de jovens com até 21 anos de idade que fizeram ou estão concluindo cursos técnicos ou de aprendizagem profissional do SENAI ou do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Eles são selecionados em competições semelhantes nas escolas e torneios estaduais. 

Nos quatro dias de provas, os competidores são desafiados a executar tarefas do dia a dia do trabalho nas profissões que escolheram. Vencem aqueles que conseguirem fazer a tarefa dentro do prazo e dos padrões internacionais de qualidade. O desempenho dos competidores nas provas forma um conjunto de indicadores que seve para avaliar a qualidade da educação profissional oferecida nas escolas do SENAI e do Senac. Também é usado para definir perfis profissionais e ajustar os currículos da formação profissional às novas necessidades das empresas. 

A primeira edição da Olimpíada do Conhecimento foi realizada em 2001, em Brasília. Naquele ano, o torneio reuniu 111 competidores em 26 ocupações profissionais. De lá para cá, o número de competidores aumentou sete vezes e o número de ocupações dobrou. 

Download de Arquivos:

Baixe o guia das profissões da indústria

Relacionadas

Leia mais

Competidores da Olimpíada do Conhecimento visitam 32 escolas públicas de Belo Horizonte
Moda brasileira conquista compradores estrangeiros durante evento em Belo Horizonte
Mais uma oportunidade de ser fornecedor dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Comentários