Combate ao coronavírus: FIEPI doa impressoras 3D para produção de máscaras

Em parceria com a Universidade Delta do Parnaíba, a FIEPI fez a doação de 10 impressoras. As máquinas vão produzir máscaras que protegem profissionais da saúde e pacientes da contaminação
O objetivo é produzir máscaras de proteção com o auxílio das impressoras 3D

Para reduzir a disseminação do novo coronavírus, a Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) decidiu investir no uso das tecnologias da impressão 3D para confeccionar máscaras que protegem profissionais de saúde e pacientes. A ação se soma a outras medidas adotadas para colaborar com a sociedade neste momento de crise provocada pela pandemia.

Em parceria com a Universidade Delta do Parnaíba, a FIEPI fez a doação de 10 impressoras, que já estão sendo transportadas para a cidade de Parnaíba. As máquinas vão produzir as máscaras Delfi-TRON, desenvolvidas pela TRON Ensino de Robótica Educativa.

Segundo o presidente da FIEPI, Zé Filho, a inovação é sempre uma grande aliada e por isso decidiu investir nessa tecnologia. "Vamos continuar realizando todas as ações necessárias para ajudar no combate ao coronavírus e preservar em primeiro lugar a vida das pessoas", enfatiza.

"Vamos continuar realizando todas as ações necessárias para ajudar no combate ao coronavírus e preservar em primeiro lugar a vida das pessoas" - Zé Filho

O coordenador do projeto Dr. Gildário Lima estima que até sexta-feira (27) já estejam sendo distribuídas as primeiras máscaras, pois a tecnologia já foi amplamente testada em laboratório.

Outras parceiras dessa iniciativa foram: a Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Delta do Parnaíba, Universidade Tiradentes (UNIT), Instituto de Tecnologia e Pesquisa, Sesc Piauí e Sesc Minas.

Sobre a máscara

A Delfi-TRON é uma máscara reutilizável e lavável que proporciona o máximo conforto, durabilidade e proteção ao usuário. O filtro mecânico deve ser trocado sempre que o usuário perceber um aumento na dificuldade de respiração (devido a saturação), se houver danos físicos e quando não estiver mais em condições adequadas de higiene.

Ela foi desenvolvida com a colaboração de profissionais de diversas áreas e parcerias público-privadas para facilitar o uso pelos profissionais de saúde e pacientes diagnosticados com a Covid-19 a fim de diminuir custos e solucionar de forma rápida e eficaz a escassez de materiais em época de pandemia.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

SENAI ajuda a aumentar número de respiradores nos hospitais
A indústria une forças contra o coronavírus
5 dicas para empresas evitarem o contágio por coronavírus durante campanhas de vacinação

Comentários