FIEPI/APPI mobiliza mais de 200 pessoas em Workshop

Atividade teve como tema o enfrentamento ao problema das drogas, com proposta de gerar documento que possa socializar estratégias dentro da rede de atendimento

“Abraçando a Vida, Compartilhando Ações”. Com este tema, a Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), por meio da Assessoria de Projetos e Parcerias Institucionais (APPI) promoveu, no último dia 13, um Workshop sobre enfrentamento às drogas.

Realizado no auditório do 8° andar da FIEPI, o evento contou com um público estimado em mais 200 pessoas, dentre as quais autoridades políticas, empresários, representantes de órgãos e instituições públicas e privadas, comunidades terapêuticas, Polícia Militar, estudantes, diretores e colaboradores do Sistema Indústria: SESI, SENAI e IEL.

No início do evento, a professora Luiza Batista, fez uma breve explanação sobre os efeitos, causas e consequências do consumo de drogas. Em seguida, houve uma apresentação de atores do Grupo de Teatro Metamorfose, representando a aparência de dependentes químicos. Ao final, foram formados grupos de trabalhos entre as diversas instituições parceiras com troca de experiências e proposições.

O vice-presidente da FIEPI, Félix Raposo, representando o presidente da instituição, Zé Filho, falou sobre a importância da iniciativa, afirmando que a Federação, através de suas entidades vem desenvolvendo ações em prol da saúde dos trabalhadores, do bem estar, segurança e produtividade no local de trabalho.

A gerente da APPI, Jeannette Souza, agradeceu a presença dos parceiros que se uniram a FIEPI na soma de esforços de enfrentamento à questão. “Com essa mobilização queremos construir um documento, visando socializar ações e estratégias que fortaleçam os serviços e redes de atendimento”, ressaltou a gerente.

O presidente do Sistema SEST/SENAT Antonio Leitão afirmou que para enfrentar a problemática das drogas são necessárias iniciativas como a que a FIEPI está promovendo ao unir uma gama de instituições em prol de uma ação. “O álcool e as drogas são responsáveis por grande parte dos acidentes de trânsito. Em nossos cursos já abordamos o assunto em palestras feitas por psicólogos e pessoas que lidam com a causa, porque vemos que é uma questão de esclarecimento e que visa a prevenção”, afirmou.

Durante o evento, o gerente da Fundação Municipal de Saúde, Samuel Rego, disse que a Prefeitura dispõe de várias unidades que tratam do assunto e que estão à disposição da FIEPI para os seus encaminhamentos. Samuel Rego disse que existem vários Centro de Atenção Psicossocial – CAPS. “Muitas pessoas desconhecem suas localizações, finalidades e hoje nesse evento pudemos mostrar tudo isso”, ressaltou.

Relacionadas

Leia mais

Gerente da APPI/FIEPI é homenageada na Câmara Municipal

Comentários