Jornalista Celso Pinto aprofundou o debate econômico brasileiro

Confederação Nacional da Indústria lamenta a morte do fundador do jornal Valor Econômico
Jornalista Celso Pinto deu importante contribuição para a evolução e o aprofundamento do debate econômico brasileiro

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) lamenta profundamente o falecimento do jornalista Celso Pinto, ícone do jornalismo econômico brasileiro e criador do jornal Valor Econômico. “Sua contribuição foi fundamental para a evolução e o aprofundamento do debate econômico brasileiro”, afirma o presidente da entidade, Robson Braga de Andrade.

Nas passagens por jornais como Gazeta Mercantil e Folha de S. Paulo, o jornalista ajudou o país a interpretar momentos históricos como o mergulho na instabilidade que marcou a década de 1980 e a criação do Plano Real.

“Incansável defensor da agenda de desenvolvimento econômico, Celso Pinto entendia como poucos os desafios da indústria nacional”, afirma o presidente da CNI. “Em nome dos integrantes do Sistema Indústria, expresso solidariedade aos familiares e amigos, nesta data de luto para o jornalismo brasileiro e para o país”. 

Relacionadas

Leia mais

As reportagens mais lidas na Agência CNI de Notícias
Reforma trabalhista reduziu incertezas, mas inovações da lei exigem maturação
Agenda para inserção do Brasil na economia global

Comentários