SENAI desenvolve produto para realizar triagem remota de pacientes com Covid-19

A pulsação, frequência respiratória, pressão arterial, saturação de O2 e temperatura corporal também serão medidas automaticamente pelo sistema que inclui câmeras especiais e sensores
A pulsação, frequência respiratória, pressão arterial, saturação de O2 e temperatura corporal serão medidas pelas câmeras especiais e sensores

O Instituto SENAI de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica, do Rio Grande do Sul, desenvolveu juntamente com a empresa Novus uma nova tecnologia que vai evitar que profissionais de saúde que atuam nas triagens de unidades hospitalares fiquem expostos no momento do atendimento inicial a pacientes que suspeitam de coronavírus.

O projeto de inovação foi um dos selecionados no Edital Emergencial Covid-19 da parceria Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

“O projeto, aprovado em abril quando começou a ser desenvolvido, integra o esforço da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Serviço Social da Indústria (SESI) e SENAI para o combate ao coronavirus e a retomada da economia de forma segura”, destaca o diretor-regional do SENAI/RS, Carlos Trein.

O projeto desenvolvido com pesquisadores do ISI em Soluções Integradas em Metalmecânica utiliza Inteligência Artificial para auxiliar no diagnóstico da Covid-19. A análise do paciente é feita de maneira remota pela equipe médica a partir de sinais vitais e respostas a um questionário no momento da triagem. A pulsação, frequência respiratória, pressão arterial, saturação de O2 e temperatura corporal também são medidas automaticamente pelo sistema que inclui câmeras especiais e sensores.

“Concentramos esforços para a convergência de tecnologias de sensoriamento que possam ser aplicadas a dispositivos ou outros sistemas específicos, em hospitais, indústrias ou ambientes públicos, para auxiliar no monitoramento e na prevenção da Covid19”, explica o gestor do Instituto de Inovação, Victor Gomes.

“Para cada situação e ambiente há requisitos diferentes, que determinam sistemas de sensoriamento, incluindo o tipo de dado a ser extraído. A Plataforma de Triagem utilizará Big Data, possibilitando a análise e a classificação de dados de vários dispositivos de triagem, de forma a auxiliar hospitais, sistemas de saúde e a indústria a tomar decisões”, completa.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Instituto SENAI de Inovação e empresa de Mato Grosso desenvolverão tinta Anti-Covid
VÍDEO: Proposta da indústria para retomada da economia é destaque no Minuto desta semana
VÍDEO: É hora de inovar com a Plataforma Inovação para a Indústria

Comentários