País deve pensar no futuro e virar chave do seu crescimento, diz Gianna Sagazio

Avanço só virá se inovação for tratada como estratégia, afirma diretora de inovação da CNI em entrevista à Folha de S. Paulo
Gianna Sagazio é diretora de Inovação da CNI e superintendente do IEL

Segundo a diretora de inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gianna Sagazio, enquanto a inovação não for definida como estratégia para o desenvolvimento do Brasil, nada vai mudar.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a economista, que também é superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), falou sobre os avanços do país nos últimos anos, o papel da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e sobre a necessidade de qualificação de profissionais para o futuro.

Para Sagazio, é fundamental que o governo invista em parcerias com o setor privado. "Os países que estão no  topo têm subvenção econômica, recebem estíulos para o investimento privado chegar à inovação. Hoje no Brasil praticamente não existe mais subvenção", destaca.

SAIBA MAIS - Leia a entrevista na íntegra no site da Folha de S. Paulo.

Relacionadas

Leia mais

É urgente investir em inovação no Brasil, diz Gianna Sagazio
Brasil melhora cinco posições no Índice Global de Inovação e chega ao 64º lugar
SESI e SENAI vão construir complexo voltado à inovação em Brasília

Comentários