Youtubers conhecem projetos do SESI e do SENAI pelo Brasil

O projeto Vivendo o SESI e o SENAI mostra o que há de moderno e inovador na preparação dos alunos para o futuro. Ao todo, 20 vídeos compartilham as experiências que os influenciadores viveram em diferentes regiões do país
Edu Sploush, Paloma Cipriano, Leandro Fellipe e Matheus Kise são os influenciadores que apresentam o projeto

Com o objetivo de mostrar como são preparados os profissionais do futuro, o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional Aprendizagem Industrial (SENAI) desenvolveram um projeto apresentado por quatro influenciadores digitais. O Vivendo o SESI e o SENAI aborda diversos temas como aplicação do novo ensino médio, o projeto flatfish, confecção de roupas na Indústria 4.0 e realidade virtual. O time de apresentadores que vai mostrar essas novidades tecnológicas é formado por Paloma Cipriano, Matheus Kise, Edu Spoush e Leandro Fellipe.

Paloma tem 25 anos e foi conhecer ações da região Sudeste. Ela criou o seu canal no YouTube em 2014 para ensinar o passo a passo de tarefas como assentar pisos, aplicar massa corrida, fabricar o próprio sofá e outros projetos. Convidada pelo SENAI, a jovem observou tecnologias da Indústria 4.0 para o setor têxtil, no SENAI CETIQT, e mostra sua experiência no vídeo a seguir. Confira: 

Edu Sloush é o youtuber da região Nordeste. O jovem de 24 anos, apaixonado por desenho, trabalhos manuais e desenvolvimento pessoal, é viciado em aprender e adora inspirar seus seguidores. Em uma de suas visitas, ele mostra quais as inovações do SESI e do SENAI na aplicação do novo ensino médio. Assista: 

A região Sul foi acompanhada pelo influenciador Matheus Kise. Formado em Rádio e TV, ele fala sobre tecnologia de um jeito fácil e descomplicado em seu canal no YouTube. Em uma de suas experiências, Matheus conheceu o projeto SESI Consciência, que propõe levar ciência e tecnologia para todas as cidades do estado. Veja os relatos: 

Já o youtuber Leandro Fellipe visitou as unidades das regiões Norte e Centro-Oeste. Ele criou seu canal baseado no movimento maker - faça você mesmo - e divulga seus projetos que misturam matéria-prima reciclada com plataformas de prototipagem eletrônica e microcomputadores. No Instituto SENAI de Tecnologia em Cuiabá (MT), ele aprendeu algumas soluções para a Indústria 4.0 e compartilhou sua experiência no vídeo a seguir. Confira:

Foram produzidos ao todo 20 vídeos, sendo cinco experiências de cada influenciador pelos serviços educacionais oferecidos pelo Sistema Indústria. Além disso, no site também constam outras informações das duas instituições e histórias de pessoas que tiveram suas vidas mudadas. Acesse a plataforma Vivendo o SESI e o SENAI e confira!

Relacionadas

Leia mais

SESI VIVA+ tem aplicativo para trabalhadores cuidarem da própria saúde
Aluno do SENAI cria luva para ajudar deficientes visuais
Estudantes do SESI e SENAI Amapá participam de intercâmbio nos Estados Unidos

Comentários