SENAI está com matrículas abertas para curso de piloto de drone em Campo Grande

Três turmas começam em março na capital do Mato Grosso do Sul. Serão 28 horas de aulas práticas e teóricas
Curso vai apresentar as especificações técnicas, procedimentos de pilotagem e a legislação para a operação dos equipamentos

Sucesso em 2018, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Campo Grande está novamente com matrículas abertas para o curso de piloto de drone, equipamento utilizado em uma infinidade de atividades, atraindo o interesse de indústrias e corporações de diversas áreas, como engenharia civil, geociência, prevenção ambiental, logística e setores ligados ao cinema e à fotografia.

As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de março na secretaria da unidade e os interessados devem ter mais de 16 anos e ter concluído o ensino fundamental.

O gerente de tecnologia e inovação do SENAI/MS, Leandro Schneider, explica que o objetivo do curso é apoiar a indústria no uso de novas tecnologias e ferramentas. “É um curso que acompanha as tendências de mercado e vem alinhado às necessidades da Indústria 4.0 e acaba beneficiando as indústrias a terem mais informações em tempo real e ações robotizadas, que vão contribuir com a melhoria dos processos, redução de custos e aumento da competitividade”, afirmou.

SOBRE O CURSO - Com carga horária de 28 horas-aulas, sendo quatro horas de conteúdo formativo e 24 horas de prática de voo, a capacitação será oferecida pelo valor de R$ 480,00 na modalidade iniciação profissional e tem como objetivos gerais preparar profissionais por meio de fundamentos relativos à pilotagem de drones, apresentando as especificações técnicas, procedimentos de pilotagem e a legislação vigente para a operação dos equipamentos.

Ao todo, serão abertas três turmas: uma com aulas aos sábados, das 13h às 17h10, e as outras duas às terças, quintas e sextas-feiras, sendo uma turma das 13h às 15h e a outra das 15h10 às 17h10.

“Cada turma terá no máximo oito alunos para garantirmos a qualidade do curso, que veio para a região para dar mais um apoio às indústrias daqui. Nossa ideia é ampliar o acesso à tecnologia das empresas e familiarizar nossos jovens com a Indústria 4.0”, finalizou Leandro Schneider.

SAIBA MAIS – Mais informações pelo telefone 0800 7070 745

Relacionadas

Leia mais

Rio de Janeiro vai receber o maior Festival de Robótica do Brasil
Inteligência Artificial nas escolas: estudo aponta ferramentas que serão usadas até 2030
Imersão com empresários brasileiros vai explorar ecossistema de inovação na China

Comentários