Representante do Brasil em Pintura Automotiva na WorldSkills, Marcelo compete até em sonho

O jovem se prepara para a edição de 2019 do mundial de profissões, que será realizado em agosto, na Rússia
Um dos desejos do competidor é cursar Química no ensino superior quando retornar da Rússia

A rotina dura não é novidade. Quando estudava Mecânica Automobilística no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Bauru (SP), Marcelo Augusto dos Santos, 21 anos, saía de casa, em Pederneiras, e ia para a cidade vizinha muito cedo para treinar das 7h da manhã às 23h. A mãe, Rosa, sempre o incentivou. “Ela fala que era isso que ela queria pra minha vida, que eu continue firme, focado no que eu quero”.

Agora, Marcelo se prepara para o maior torneio de profissões técnicas do mundo, a WorldSkills, que será realizada na cidade de Kazan, na Rússia, no mês de agosto. “Até sonho com o mundial”, confessa.

Quando voltar da Rússia, ele planeja trabalhar no SENAI e, depois, fazer faculdade de Química. Para Marcelo, a competição é uma chance de trilhar novos caminhos. 

"Abre novas oportunidades. A gente consegue conhecer novas pessoas, mostrar nosso trabalho", explica o paulista.

Outro plano do jovem competidor é incentivar os dois irmãos mais novos à também cursarem SENAI. "É importante para eles não só na parte profissional, mas no caráter. Uma formação técnica faz a gente amadurecer. O SENAI é um marco importante na minha vida", afirma.

Relacionadas

Leia mais

Luiz Fernando aposta na capacidade lógica para conquistar o ouro em Manufatura Integrada
Apaixonado por carros, Lucas investiu no curso técnico do SENAI e agora vai para a WorldSkills 2019
Tudo sobre a WorldSkills 2019, o mundial de profissões técnicas

Comentários