Novas tecnologias para a indústria da construção exigem capacitação de mão de obra

Máquinas inovadoras apresentadas durante a Olimpíada do Conhecimento, como a impressora de concreto, mostram que automação é tendência para o futuro da indústria, mas não dispensa o acompanhamento de profissionais
Sustentável, impressora de concreto reduz geração de entulho a zero

Impressora de concreto e tinta sustentável são inovações que pretendem revolucionar a indústria da construção. As vantagens são muitas, desde liberdade arquitetônica, dispensando a necessidade de uso de molde, a redução do impacto ambiental. Profissionais do segmento puderam acompanhar de perto o funcionamento dessas tecnologias na Olimpíadas do Conhecimento 2018, realizada até este domingo (8) em Brasília pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pelo Serviço Social da Indústria (SESI).

A Inova House 3D, startup criadora do primeiro protótipo de impressora 3D de concreto na América Latina, é um exemplo de que o futuro da indústria da construção terá como base inovação e tecnologia. “Eu acredito que a automação é um caminho e uma tendência de todas as indústrias. Para isso, é necessário capacitar funcionários para trabalhar com essa automação. Além disso, outros empregos vão ser criados, como técnico de impressora, operador e projetista em 3D”, afirma a presidente da Inova House 3D, Juliana Martinelli.

Segundo a presidente da startup Inova House 3D, Juliana Martinelli, automação da indústria da construção criará novos empregos, como técnico de impressora, operador e projetista em 3D

Um dos maiores benefícios da impressora é a redução do entulho gerado na forma tradicional de produção de concreto. E é essa relação com o meio ambiente chamou a atenção do servidor público Ronney Carneiro, 55 anos. “Espero que esse tipo de equipamento se estenda e alcance proporções maiores. A gente tem que ter uma visão de futuro com produtos sustentáveis, unindo cultura e inteligência para criar novas tecnologias”, acredita. 

As impressoras 3D multifuncionais também são apostas para o setor da construção. É o caso da Zmorph VX, da empresa 3D Criar, que cria maquetes de engenharia e arquitetura e serve para minimar erros e baratear custos. O sócio da
empresa idealizadora da impressora , Leandro Chen, explica que as inovações surgem para flexibilizar e contribuir com as profissões do futuro. “A tecnologia não vai subsistir a mão humana. As máquina estão entrando no mercado para auxiliar o trabalhador. Por isso, o usuário tem que estar apto a fazer outras coisas que a máquina não está apta a fazer”, detalha. 

OUTRAS TECNOLOGIAS- Com mais de 28 anos de experiência, o arquiteto Márcio Hermes Viggiano acredita que tecnologias como escritório BIM, que permite aos arquitetos e engenheiros acompanharo andamento da obra sem sair do escritório, e a fitorremediação, sistema que utiliza microorganismos para purificação de compões orgânicos em ambientes industriais, são fundamentais para a construção do futuro. “ Essas inovações servem para melhorar a qualidade de ambientes e a qualidade de vida das pessoas dentro do ambiente construído. Esse é o maior objetivo da arquitetura”, conclui. 

Confira o vídeo com as tecnologias da indústria da construção em destaque na OC2018

Relacionadas

Leia mais

VÍDEO: SESI e SENAI apresentam tecnologias capazes de revolucionar indústria da construção
Centro de Inovação do SESI desenvolve software para reduzir acidentes na construção
7 motivos para sua empresa ter o SESI Viva+

Comentários