Competidor do Marrocos treina em Belém para a WorldSkills

Youssef Harbala vai competir na modalidade Manutenção de Veículos Pesados. O SENAI do Pará é referência na formação de profissionais nesta área
Youssef Harbala, do Marrocos, treina no SENAI de Belém para a maior competição de educação profissional do mundo

A unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) CEDAM, em Belém, foi a escolhida para ser o local de treinamento final do marroquino Youssef Harbala. O jovem, de 21 anos, vai competir na WorldSkills, maior competição de educação profissional do mundo, em Kazan, na Rússia, no mês que vem.

Harbala vai disputar na modalidade Manutenção de Veículos Pesados, área na qual o SENAI local é referência nacional e internacional na formação de profissionais.

Durante o período que estiver em Belém, o marroquino passará por simulados semelhantes aos que serão exigidos na WorldSkills. Além disso, visitará empresas paraenses representantes de montadoras e fabricantes de veículos pesados.

Para o competidor, essa imersão é fundamental para adquirir confiança para o evento internacional. “Eu estou muito admirado com a estrutura do SENAI CEDAM, que tem muitos equipamentos, ferramentas e tecnologias que eu ainda não tinha visto. Também aqui há uma abertura das indústrias para que possamos vivenciar o processo produtivo das grandes marcas, coisa que não tenho no Marrocos. Toda essa troca de experiência é fundamental para a minha preparação”, destaca o jovem, que veio a Belém com o expert na modalidade e representante de Marrocos, Tariq Torabi.

O estudante marroquino faz os simulados com o paulista Paulo Fratta, que também vai à WorldSkills

Youssef tem feito os simulados na companhia de outro competidor, o paulista Paulo Fratta, que fez toda a preparação em Belém. Fratta também disputará na modalidade Manutenção de Veículos Pesados. Em maio ele esteve na Rússia como convidado da seletiva nacional da WorldSkills do país sede, e apesar de não concorrer oficialmente por medalha, obteve a maior nota entre os participantes, cumprindo as mesmas tarefas com o mesmo rigor de pontuação.

O coordenador do treinamento em Belém, Sidésio Martins, destaca a importância deste reconhecimento para o SENAI do Pará. “Para nós é uma satisfação muito grande estarmos sediando estes treinamentos e etapas nacionais da WorldSkills. Esses eventos deixam um legado de equipamentos e, principalmente, de conhecimento para o nosso Departamento Regional, nos potencializando para melhorar ainda mais a nossa qualidade na formação de mão de obra”, diz Martins.

Equipe do SENAI CEDAM, de Belém, acompanha o treinamento dos competidores

A WorldSkills é organizada pela WorldSkills International, entidade que trabalha desde 1950 para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas. O torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul e é realizado em um país diferente a cada dois anos. Na última edição em 2017, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o Brasil ficou em 2º lugar geral. 

Relacionadas

Leia mais

Programa para startups da Câmara Brasil-Alemanha conta com participação do SENAI
Fã do Legião Urbana, a criativa Gabriele sonha em conhecer o mundo após a WorldSkills 2019
Estudantes que criaram o chiclete de pimenta para astronautas vencem Aberto de Robótica nos Estados Unidos

Comentários