SENAI do Pará e parceiros alcançam a marca de 50 respiradores consertados

A ação faz parte da Iniciativa Mais Manutenção de Respiradores, uma rede voluntária mobilizada pelo SENAI em todo o Brasil com grandes indústrias e instituições
O grupo conta com a participação de instrutores do SENAI, voluntários e técnicos da empresa Biomeditech

Os parceiros SENAI de Manutenção de Respiradores pela Vida chegaram ao número de 50 respiradores entregues no Estado do Pará. O grupo conta com a participação de instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), voluntários e técnicos da empresa Biomeditech, que também doam seu tempo para a ação.

A entrega dos aparelhos que totalizaram as 50 unidades consertadas foi realizada com a presença do secretário estadual de Saúde Pública, Alberto Beltrame, do diretor regional do SENAI do Pará, Dário Lemos, e do diretor da Federação das Indústrias do Estado Pará (FIEPA), André Fontes, que também é um dos voluntários do grupo. 

A ação faz parte da Iniciativa Mais Manutenção de Respiradores, uma rede voluntária mobilizada pelo SENAI em todo o Brasil, com grandes indústrias e instituições, que atende gratuitamente hospitais e unidades de saúde públicos ou filantrópicos.

“Há um mês e meio começamos a manutenção desses equipamentos, vindos de toda a rede do Estado, de todos os municípios. Quando começamos, não imaginávamos que teríamos essa demanda. Esses 50 respiradores entregues nos deixam muito orgulhosos e quero agradecer a todos os que participaram desse processo, colaboradores e parceiros, que dispuseram do seu tempo para salvar vidas”, disse o diretor regional do SENAI do Pará, Dário Lemos.

A Biomeditech é responsável pela calibração e testes de segurança elétrica nos respiradores

Parceira da ação desde o início, a empresa Biomeditech é responsável pela calibração e testes de segurança elétrica nos respiradores e disponibilizou técnicos de engenharia clínica, todos especialistas em ventiladores pulmonares. “Para todo equipamento liberado é emitido um laudo pela Biomeditech, atestando que esse equipamento está seguro para uso. De forma voluntária, a gente está doando isso para o Estado. A gente acredita que temos que nos fazer presentes, ajudar as pessoas, nesse momento em que mais estão precisando”, ressaltou Guilherme Pereira, da empresa Biomeditech.

Além da parceria da empresa, a iniciativa conta ainda com o apoio da BLB Eletrônica, ALB Engenharia Hospitalar, Vale, MS Medical, EBEM Engenharia Hospitalar, Macedo Hospitalar, Tecsaúde Engenharia Hospitalar e Instituto Votorantim.

O trabalho do grupo continua. As solicitações para manutenção de respiradores podem ser feitas pelo e-mail mercado@senaipa.org.br.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Federações das indústrias realizam ações de combate à Covid-19 em todo país
SENAI de Santa Catarina conserta computadores doados para estudantes da rede pública
Projetos elaborados pelo SENAI do Ceará são aprovados em editais de inovação

Comentários