Conheça as iniciativas do setor industrial maranhense contra o coronavírus

Produção de álcool 70%, produtos de limpeza e máscaras para a distribuição são algumas das iniciativas que se multiplicam a cada dia no estado
A produção e o envase de álcool foi uma iniciativa bastante explorada no Maranhão

O setor industrial de todo o Brasil está unido no combate ao coronavírus. No Maranhão não é diferente. A indústria e o poder público estão trabalhando juntos para melhorar a capacidade de prevenção, diagnóstico e superação da covid-19.

Produção de álcool 70%, produtos de limpeza, máscaras para a distribuição gratuita para comunidades carentes e unidades hospitalares; aquisição de respiradores mecânicos e suporte na manutenção desses aparelhos; entre outras iniciativas, se multiplicam a cada dia no estado no enfrentamento da pandemia.

Um dos exemplos é a parceria de quatro grandes indústrias para produção, envase e distribuição de álcool 70%. A Psiu, indústria de bebidas maranhense, está envasando, inicialmente, 45 mil litros de álcool 70%, que serão doados aos hospitais de forma voluntária. São mais de 85 mil garrafas pet de 500 ml que serão distribuídas para a rede pública.

O álcool 70% está sendo produzido pela AgroSerra, indústria do Maranhão, localizada em Balsas. São cerca de 500 mil litros do produto. A empresa FC Oliveira também participa da iniciativa, recebendo, engarrafando e embalando o produto em garrafas de um litro. O envase é feito em garrafas pet doadas pela Solar Coca-Cola e o processo deve continuar até o engarrafamento total do álcool doado à rede de saúde do governo do estado.

“Além das embalagens, colocamos à disposição a nossa principal força, que é a capacidade de distribuição, para apoiar a iniciativa. Então, o caminhão vermelho que costuma levar os produtos Coca-Cola para todos os pontos de venda tem função adicional nesse período, sendo utilizado para entregar o álcool envasado nos hospitais e órgãos públicos da capital e de diversas cidades do interior, permitindo a chegada aos locais mais necessitados para a utilização”, destaca o diretor de Relações Externas da Solar, Fábio Acerbi.

Ainda sobre a produção de álcool gel, nas últimas semanas, a Ambev também conseguiu dobrar sua produção no Brasil, chegando a um milhão de unidades, que agora serão doadas a todas as Secretarias Estaduais de Saúde das 27 unidades federativas do Brasil.

Para ampliar a doação, a Ambev criou linhas de produção exclusivas em algumas unidades. O Maranhão, por exemplo, receberá 20.000 unidades do insumo, que serão entregues para a secretaria de saúde.

A mineradora Vale doou 1.000 máscaras

Aquisições que auxiliam no combate ao covid-19

A participação da indústria no combate ao novo coronavírus ocorre, também, com aquisição de aparelhos para auxiliar na saúde. A Eneva, empresa de energia que atua no Maranhão, doou 25 aparelhos de ventilação pulmonar, que auxiliam no tratamento dos sintomas graves da covid-19, aos sistemas públicos de saúde dos estados do Maranhão, Ceará, Roraima, Amazonas e Rio de Janeiro.

A companhia realizou, também, a entrega de 3.600 kits de higiene nas cidades maranhenses em que opera com gás natural e geração de energia: Santo Antônio dos Lopes, Capinzal do Norte, Lima Campos, Trizidela do Vale, Pedreiras, Paço do Lumiar e São Luís.

Já a indústria de mineração de ouro Aurizona, localizada no município de Godofredo Viana, fez uma parceria com o município para instalação de um posto de testagem na entrada da cidade e contratou quatro técnicas de enfermagem para prestar serviço no posto de monitoramento; além da doação de três cilindros de oxigênio e de três termômetros digitais.

Também na corrente do bem, a mineradora Vale doou 1.000 máscaras, milhares de litros de álcool gel e álcool 70%, seis computadores, insumos médico-hospitalares à rede pública estadual de saúde e municipal, além de cinco viaturas ao corpo de bombeiros, assim como máscaras cirúrgicas de proteção para profissionais de saúde do Governo do Estado.

Além disso, a mineradora também anunciou que vai ajudar a construir leitos no município de Açailândia, em parceria com o Governo do Estado.

Respiradores mecânicos 

A Vale também colaborou com o governo do Estado no transporte de 107 respiradores comprados por empresas maranhenses na China e entregues ao Governo do Estado.

Para a aquisição dos respiradores mecânicos, empresas de vários segmentos fizeram doações, a maior parte delas do setor industrial como a Ômega Energia, Alumar, Eneva, EDP Linhas de Transmissão, Gera Maranhão Energia, Heineken, Lavronorte, Fribal, Grupo Maratá, e muitas outras, além do Sinduscon/MA.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

CNI defende aprimoramento da MP 950 para atenuar a crise do setor elétrico
A importância do Sistema S na pandemia
Conheça as ações da indústria de Rondônia no combate ao coronavírus

Comentários