CNI lidera bancada de empregadores na 107ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra

À frente da delegação brasileira dos empregadores, CNI participa das discussões sobre diversos aspectos do mundo laboral, em defesa de diretrizes equilibradas, que fomentem o crescimento econômico com proteção dos trabalhadores
Nesta edição, a Conferência discutirá temas como a violência e o assédio no ambiente de trabalho, diálogo social e tripartismo, e a formulação de estratégias de cooperação para o desenvolvimento sustentável

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) lidera os trabalhos da bancada de empregadores na 107ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra, na Suíça, aberta nesta segunda-feira (28) e que ocorre até 8 de junho. Realizado anualmente na sede da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o evento reúne representantes de governos, trabalhadores e do setor produtivo para debater aspectos do mundo do trabalho e seus respectivos impactos nas relações laborais.

Nesta edição, a Conferência discutirá temas como a violência e o assédio no ambiente de trabalho, diálogo social e tripartismo, e a formulação de estratégias de cooperação para o desenvolvimento sustentável. Para Alexandre Furlan, representante da CNI e vice-presidente para a América Latina da Organização Internacional de Empregadores (OIE), “a participação efetiva dos empregadores nos debates é fundamental para a construção de diálogo e soluções de consenso entre empresas e trabalhadores visando, sobretudo, segurança jurídica nas relações do trabalho”. 

A OIT - Criada em 1919, a Organização Internacional do Trabalho foi estabelecida após a primeira guerra mundial. Com uma estrutura tripartite, tem o objetivo de promover normas, princípios e direitos fundamentais do trabalho, gerar empregos dignos, fomentar a proteção social e fortalecer o diálogo social. O Brasil está entre os membros fundadores da organização.

A Conferência Internacional do Trabalho é seu órgão máximo, que se reúne anualmente, em geral entre os meses de maio e junho, para discutir temas com maior recorrência nos países-membros.

Relacionadas

Leia mais

REPORTAGEM ESPECIAL: Nova legislação trouxe as relações do trabalho no Brasil  para o século 21. E agora?
Nova legislação trabalhista representa avanço significativo para modernizar economia brasileira
Aplicativo da CNI tira dúvidas sobre a nova legislação trabalhista

Comentários