Maioria dos brasileiros avalia SENAI e SESI como ótimos ou bons

Pesquisa feita pela CNI com 2 mil pessoas em todo o país mostra que população conhece e tem uma avaliação positiva sobre as duas instituições
91% concordam totalmente ou em parte que o SESI contribui para formação e qualidade de vida dos trabalhadores da indústria

A maioria dos brasileiros conhece o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria (SESI), e quanto maior o grau de conhecimento melhor é a avaliação sobre as duas instituições. As conclusões são da pesquisa feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com 2 mil pessoas em todo o país.

O levantamento mostra que 59% da população conhecem bem ou mais ou menos o SENAI. Esse número é de 49% para o SESI. Entre os entrevistados, 77% avaliam o SENAI como ótimo ou bom. O SESI é considerado ótimo ou bom por 68% das pessoas. Essa percepção é ainda melhor entre os que dizem conhecer bem as duas instituições. Entre os entrevistados que conhecem bem o SENAI, 92% consideram a atuação como ótima ou boa. Entre os que conhecem bem o SESI, 89% têm uma avaliação positiva da instituição. 

"A pesquisa mostra que a população reconhece o trabalho do SENAI e do SESI e que as duas instituições estão sintonizadas com as exigências do mercado", afirma o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi.  "Desde que foram criadas, há mais de 70 anos, as duas instituições apoiam o desenvolvimento da indústria no Brasil, promovem a qualificação profissional e a qualidade de vida dos trabalhadores e oferecem soluções tecnológicas e apoio à inovação nas empresas", diz ele. 

Lucchesi lembra que a atuação do SESI e do SENAI também é decisiva neste momento em que o mundo vive uma nova revolução industrial, em que empresas e trabalhadores terão de estar conectados às novas tecnologias.  "Somos aliados da indústria na busca de soluções tecnológicas e inovadoras e na formação de trabalhadores aptos a desenvolver as funções complexas exigidas pela indústria 4.0", destaca.

A pesquisa revela ainda que a avaliação das duas instituições é positiva em todas as faixas de instrução. Entre os brasileiros que têm até a 4ª série do ensino fundamental, 73% consideram o SENAI ótimo ou bom. Entre os que têm nível superior, esse número sobe para 87%. O SESI é ótimo ou bom para 64% dos que têm até a 4ª série do ensino fundamental e para 81% dos que fizeram curso superior.

94% concordam totalmente ou em parte que os cursos do SENAI facilitam a obtenção de um emprego

FORMAÇÃO - Na pesquisa, os brasileiros apontaram as principais qualidades e os problemas do SENAI. Nove em cada dez brasileiros que conhecem o SENAI de ao menos de ouvir falar concordam totalmente ou em parte que a instituição forma bons profissionais e que seus cursos facilitam a obtenção de um emprego. Além disso, 70% concordam totalmente que o SENAI é uma instituição séria. São oito em cada dez (81%) ainda os que afirmam concordar pelo menos em parte que o SENAI atua, além da educação profissional, com serviços voltados para tecnologia e inovação. No entanto, 58% concordam em parte ou totalmente que faltam vagas nos cursos da instituição e 59% que o acesso aos cursos é difícil. 

A população também indicou as qualidades e os problemas do SESI: aqueles que concordam totalmente ou em parte que o SESI contribui para a formação e qualidade de vida dos trabalhadores da indústria somam 78%. Cerca de dois terços dos brasileiros (67%) que conhecem o SESI ao menos de ouvir falar concordam totalmente ou em parte que a instituição é bem administrada, mesmo porcentual dos que avaliam que o SESI contribui para a redução dos acidentes de trabalho na indústria. Com relação à afirmativa “faltam vagas nos cursos do SESI”, 56% dos entrevistados concordam em parte ou totalmente. 

Rafael Lucchesi, que também é diretor-superintendente do SESI, avalia que as duas instituições buscam continuamente aperfeiçoar os serviços oferecidos à indústria e aos trabalhadores. "Nossa missão é atender às necessidades do mercado em um mundo que está em constante evolução. Buscamos parcerias com institutos que são referência em outros países, incorporamos novas tecnologias e produzimos inovações para elevar a produtividade e a competitividade da indústria brasileira e para que o Brasil não fique à margem da revolução industrial", completa.  

Opiniões dos brasileiros sobre o SENAI e o SESI
A pesquisa foi feita com 2 mil pessoas em 125 municípios de todo o país de 13 a 16 de julho de 2017. Os resultados mostram que a população associa o SENAI e o SESI com educação, formação profissional, oportunidades e emprego. As duas instituições são muito conhecidas nas cidades com mais de 500 mil habitantes e são bem avaliadas pela população. Quanto maior o conhecimento que o entrevistado tem sobre o SENAI e o SESI, melhor sua avaliação.

Veja o que as pessoas que “conhecem bem” o SESI e o SENAI dizem: 

97% concordam totalmente ou em parte que o SENAI forma bons profissionais 

94% concordam totalmente ou em parte que os cursos do SENAI facilitam a obtenção de um emprego

95% concordam totalmente ou em parte que o SENAI é uma instituição séria

90% concordam totalmente ou em parte que o SENAI atua, além da educação profissional, com serviços voltados para tecnologia e inovação 

80% concordam totalmente ou em parte que o SENAI é uma instituição bem administrada

91% concordam totalmente ou em parte que o SESI contribui para formação e qualidade de vida dos trabalhadores da indústria

94% concordam totalmente ou em parte que o SESI é uma entidade séria

88% concordam totalmente ou em parte que o SESI contribui para a formação do trabalhador da indústria por meio da educação de jovens e adultos

81% que é uma instituição bem administrada

79% concordam totalmente ou em parte que o SESI contribui para a redução dos acidentes de trabalho na indústria

DOWNLOAD - Baixe a pesquisa completa aqui no Portal da Indústria.


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Curso técnico aumenta renda do trabalhador em 18%, em média

Há vagas! Veja os cursos do SENAI com matrículas abertas em todo o Brasil

Relacionadas

Leia mais

Alunos do SESI de Pelotas (RS) se classificam para feira de ciência em Portugal
SESI inaugura Museu Digital de Campina Grande
Brasil leva 4,5 anos em média para promulgar acordos negociados com outros países

Comentários