Dia Nacional da Construção Social atende mais de 161 mil trabalhadores e dependentes

Parceria da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) com o SESI, realiza maior mutirão de responsabilidade social do setor, com prestação de serviços de saúde, cultura, cidadania e lazer a trabalhadores e dependentes
Em Santa Catarina, crianças puderam vivenciar na prática a importância de cuidar da segurança

Mais de 161 mil trabalhadores e familiares do setor da construção foram atendidos em serviços de cidadania, saúde, lazer e educação no último sábado (17) durante o Dia Nacional de Construção Social (DNCS 2019). O evento, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), envolver mais de mil parceiros e 3.712 voluntários em todo o País. A iniciativa contou ainda com o apoio especial do Seconci Brasil.

Com a campanha O mundo está mudando, e você?, a 13ª edição do maior evento de responsabilidade social da construção civil reforçou a importância da integração de empresários e trabalhadores com questões de saúde e cidadania, em especial a empregabilidade. “Temos que pensar nas transformações advindas das inovações tecnológicas para ajudar nossos trabalhadores”, destacou o presidente da CBIC, José Carlos Martins, que abriu oficialmente o DNCS 2019, em Curitiba. Na ocasião, Martins reforçou que o setor vai trabalhar muito a segurança do trabalho e a capacitação, para ter trabalhadores cada vez mais seguros e felizes.

Em Manaus, visitantes receberam orientações para manter a saúde bucal

Segundo a vice-presidente de Responsabilidade Social da CBIC e presidente da Comissão de Responsabilidade Social (CRS) da entidade, Ana Cláudia Gomes, explicou que, neste ano, o foco foram as mudanças nas funções da construção civil e como os trabalhadores devem se adaptar para manter a empregabilidade alta. "A ideia foi fazer capacitações nesse sentido”, completou.

HISTÓRICO - Realizada desde 2007, o Dia Nacional da Construção Social prestou mais de 4 milhões de atendimentos a mais de 800 mil pessoas nesses 13 anos. Nesta última edição, foram realizados mais de 54 mil atendimentos em cidades de Santa Catarina a 6.458 pessoas (Blumenau, Brusque, Chapecó, Florianópolis e Joinville). Confira na Agência CBIC os resultados do evento em outras unidades da federação.

Relacionadas

Leia mais

SESI tem canal de publicações gratuitas para a indústria da construção
SENAI qualifica imigrantes haitianos na área de construção civil
Privatizações e concessões da infraestrutura são cruciais para recuperação da indústria da construção, afirma CNI

Comentários